Uma mulher do Alabama que estava na lista dos “Mais Procurados” do estado salvou a vida de um policial que a jogou na prisão há oito anos, doando seu rim. Jocelynn James, uma viciada em drogas em recuperação, procurou o ex-oficial Terrell Potter quando viu no Facebook que ele precisava urgentemente de um transplante de rim.

James, 40, acredita que devido o policial ter feito sua prisão salvou sua  vida, encorajando-a a mudar a forma como ela estava vivendo e ela estava ansiosa para retribuir. Potter estava enfrentando uma espera de oito anos por um transplante antes de James apresentar uma combinação perfeita.

Jocelynn James (foto à direita) estendeu a mão para seu ex-oficial de prisão Terrell Potter (foto à esquerda) quando viu no Facebook que ele precisava urgentemente de um transplante de rim


James era uma combinação perfeita e Potter, fotografado com James, teve um transplante bem-sucedido em julho

De acordo com a Fox 5 NY , James foi presa 16 vezes por acusações de drogas e roubo entre 2007 e 2012. Ela diz que estava em um lugar muito escuro e não tinha certeza de como iria sobreviver, tendo perdido o carro, a licença e o emprego.

James conta que no auge do vício, estava se drogando 16 vezes por dia e  usando invasões para financiar seu vício. “Eu estava apenas vivendo uma vida muito ruim, fazendo um monte de coisas realmente ruins que eu não deveria fazer, e eu era apenas uma pessoa realmente perdida”, disse James.

O policial Potter, que anteriormente trabalhou com o Departamento de Polícia de Phil Campbell, foi responsável por prender James em duas dessas ocasiões. “Ela estava correndo loucamente, roubando e usando drogas e coisas que ela não deveria estar fazendo”, disse Potter. – “Eu a prendi algumas vezes”.

James cumpria uma pena de seis meses em uma casa de recuperação em 2013, quando ela disse que finalmente recebeu forças para lutar contra seu vício em opiáceos e, em 5 de novembro, celebrará oito anos fora da prisão e sóbrio. “Eu estava cansada de viver aquela vida e queria fazer algo diferente”, disse James.

‘Estou perfeita, estou saudável e não fazia ideia de que era tão saudável.’

Em novembro de 2019, no entanto, recentemente aposentado Potter soube que seu rim estava funcionando apenas a 5 por cento, deixando-o na necessidade desesperada de um transplante para salvar sua vida e em busca de um doador. Os médicos disseram que ele poderia enfrentar uma espera de até oito anos por um rim.

“Começamos a orar para conseguir o rim certo”, disse Potter. “Estávamos procurando por todo o Sudeste.

A busca de Potter foi postada no Facebook, onde James disse que ela a encontrou em dezembro e imediatamente soube que era o que ela tinha que fazer. “ Eu simplesmente joguei meu telefone no chão e o espírito santo me disse naquele momento que eu estava com o rim daquele homem”, disse ela.

Depois de passar por todos os testes, os médicos descobriram que James era uma combinação perfeita. Na verdade, os médicos do Hospital da Universidade Vanderbilt, em Nashville, disseram a ela que “nunca houve uma combinação melhor para um transplante de rim”.

Em 21 de julho, Potter recebeu seu transplante com sucesso, acrescentando anos à sua vida.

O ex-policial diz que agora considera James uma de suas filhas depois de sua generosidade para salvar vidas. “É um ótimo relacionamento e um vínculo que pode durar para sempre. Não há dúvida sobre isso”, disse Potter. ‘Ela me dando um rim, Isso prolongou minha vida.’

James disse que significa muito para ela poder usar parte do seu corpo que ela abusou por tanto tempo para salvar outra.

Ela agora dirige uma organização chamada ‘The Place of Grace’ que trabalha para ajudar mulheres que lutam contra o vício em opiáceos enquanto ela estava para receber tratamento.

Texto originalmente publicado no DailyMail, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS