São momentos em que todos nos preocupamos com a saúde, sem dúvida o coronavírus atingiu nossas vidas e devemos exterminá-lo. É por isso que milhares de médicos e profissionais de saúde dedicam seu tempo a lidar com a doença todos os dias.

É claro que o mundo agradece por sua ação, eles se tornaram indispensáveis ​​neste momento, mas devemos lembrar que o campo da saúde é muito amplo e não apenas para os seres humanos.

Isso inclui os veterinários, eles cuidam da vida daqueles que não conseguem falar e expressam seus sintomas . Agradecemos a eles por dedicarem suas vidas a cuidar de nossos parceiros, nossos amados animais de estimação.

Bem, infelizmente, uma dessas pessoas teve a experiência infeliz de ser subvalorizada.

Durante um longo dia, alguém perguntou ao técnico veterinário Victorial Pundt , ” Como você continua trabalhando? Você não é essencial, você trabalha apenas com animais. Isso nunca poderia ajudar os humanos . “

A verdade é que foi como um chute na virilha, você não pode imaginar quanta atenção um animal de estimação precisa quando todo mundo se preocupa com outras coisas. Como a medicina, é algo que é feito por vocação, porque todas as vidas são importantes.

A verdade é que a veterinária Victorial compartilhou em Love What Matters como é sua vida no trabalho, isso graças ao fato de uma colega a fotografar desprevenida. Embora você possa receber um filhote de cachorro fofo para uma revisão, também pode encontrar um animal agredido ou violento e deve lidar com isso.

Além disso, ela também deve sentar-se com os proprietários dos pacientes, como qualquer médico faria com um membro da família.

Não importa o que essa pessoa considere, há quem acolha seus animais de estimação como membros importantes de sua família. É doloroso ver quando um desses animais deve ser sacrificado, pois não há cura.

O trabalho de um veterinário é o mesmo, apenas que, no caso, ele tenta salvar a vida de animais, que são seres vivos, e se eles precisarem se doar ao máximo pelo animal ele o fará.

Nestes tempos de incerteza, é inutil menosprezar o trabalho de outros. Não há justificativa para fazer a exposição desnecessária, deve-se valorizar desde o atendente de supermercado até a médico que está lutando para salvar vidas

Devemos respeitar e ter cuidado nestes dias difíceis, apenas unidos podemos superar as dificuldades desta terrível situação.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS