Por: Revista Saber Viver Mais 

O goleiro Jean foi preso nos Estados Unidos, após agredir a esposa Milena Bemfica, porém por decisão da justiça americana foi solto.

Mas na opinião do comentarista Caio Ribeiro, “um cara que bate em mulher não pode conviver em sociedade”. Caio afirmou que o caso “foge da esfera do esporte” e acredita que a detenção do jogador, que estava de férias com a esposa e as duas filhas, deveria ser mantida.

O apresentador Felipe Andreoli que apresentava o Globo Esporte SP, após rever as imagens chegou a comentar com o comentarista, “O que dá para falar de um absurdo desse, Caio? Acho que não tem que pensar duas vezes. O cara está preso lá, está tudo comprovado, não dá para seguir com um jogador desse”.

São Paulo se manifesta

O Clube do São Paulo, por meio de uma nota oficial, afirmou que aguardará a apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis’:

“O São Paulo Futebol Clube informa que acompanha o caso envolvendo o atleta Jean Paulo Fernandes Filho e aguarda apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis. Em seus quase 90 anos de existência, o São Paulo construiu uma história pautada por princípios sólidos de conduta dentro e fora de campo, e não abre mão deles”

Entenda o caso

O jogador foi detido após a esposa, Milena Bemfica publicar nas redes sociais vídeos em que aparece com o rosto todo machucado e, em desabafo, relatou que foi agredida pelo jogador.

“Eu estou aqui, em Orlando [Estados Unidos], e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater. Gente, socorro”, pediu ela nas gravações que foram salvas por internautas antes que ela deletasse.

Com informações:UOL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS