A Food and Drug Administration dos EUA aprovou um novo tratamento preventivo para enxaqueca em adultos.

O tratamento, chamado Emgality, é uma injeção administrada uma vez por mês, que foi desenvolvida pela empresa farmacêutica global Eli Lilly and Company.

“Apesar do impacto devastador da enxaqueca, apenas cerca de 10% das pessoas que vivem com a doença estão atualmente fazendo um tratamento preventivo”, disse Christi Shaw, presidente da Lilly Bio-Medicines. “Com esta aprovação, estamos entusiasmados em oferecer uma opção de tratamento preventivo para adultos que vivem com esta doença.”

A enxaqueca é uma doença neurológica incapacitante que afeta mais de 30 milhões de adultos americanos. De acordo com o Medical Expenditures Panel Survey, o custo total não ajustado associado à enxaqueca nos EUA é estimado em 56 bilhões de dolares por ano, mas a enxaqueca continua “sub-reconhecida e sub-tratada”.

Mas agora, a esperança pode estar no horizonte para quem sofre de enxaqueca. De acordo com vários estudos controlados por placebo, as injeções de Emgality não tiveram efeitos colaterais importantes e reduziram as enxaquecas crônicas e episódicas em até 50% – o que está sendo saudado como “um grande negócio” pelos médicos.

O Emgality estará disponível para os pacientes logo após a aprovação. Os pacientes  podem receber até 12 meses do tratamento gratuitamente como parte do programa de suporte aos pacientes da Lilly.

Assista como é usado o Emgality: 

Eli Lilly gets FDA approval for new drug to prevent migraines

A new drug named Emgality can help prevent migraines and now has approval from the FDA.More: http://via.cbs4indy.com/IsRSb

Posted by CBS4 Indy on Friday, October 5, 2018

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Texto originalmente publicado no GNN, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS