Os olhos e a região ao redor deles, é considerado uma grande porta de entrada para a contaminação do coronavírus em nosso organismo.

Essa conclusão foi apresentada pelo novo relatório da John University School of Medicine. Estudiosos responsáveis pela instituição estudaram o corpo de 10 pessoas que foram à óbito por doenças crônicas mas não tinham ligação com o coronavírus.

Após exames, os resultados detectaram presença abundante de ACE2, nos olhos e àreas ao redor, essa enzima é bastante conhecida por facilitar a penetração do coronavírus no corpo humano.

ACE2

Essa enzima anteriormente era encontrada somente em alguns lugares do corpo, como a boca e pulmões, até agora não era conhecida a presença dela nos globos oculares.  Além disso, existiria outra enzima em grandes quantidades, chamada TMPRSS2, que ajuda o vírus à passar por nossos poros e veias.

Lágrimas

A conclusão que chegaram os cientistas é que nossas lágrimas podem ser uma grande forma de transmissão do vírus na superfícies, a partir do contato direto entre pessoas ou a partir do contato de superfícies e objetos contaminados, seguido de contato com boca, nariz e olhos.

Nesse contexto apresentado, esse novo estudo ainda não foi revisado por outros profissionais e trata-se de uma primeira apresentação.

Com informações: Vogue

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS