Timpanismo abdominal, também chamado de Abdômen distendido ou popularmente chamada de barriga inchada – consiste em um inchaço ou aumento de volume da região abdominal provocada pela presença de alguma substância em seu interior, seja gás, líquido ou sólido.

O problema é bastante comum e afeta cerca de 10% a 30% das pessoas adultas, interferindo na sua autoestima e na capacidade do indivíduo de se relacionar e participar de atividades sociais ou recreativas.

Causas mais comuns

São inúmeras razões que levam a um quadro de abdômen distendido. As causas mais comuns incluem:

-Distensão abdominal resultante da deglutição de ar
-Constipação
-Doença do refluxo gastroesofágico
-Síndrome do intestino irritável
-Intolerância alimentar (como intolerância à lactose)
-Transtorno do Comer Compulsivo
-Empanturrar-se
-Infecções bacterianas no intestino delgado
-Ganho de peso não-intencional
-Uso de determinados medicamentos, como remédios para tratar diabetes
-Ascite
-Câncer gástrico, câncer de ovário e outros tumores
-Doença celíaca
-Síndrome de Dumping, uma doença causada pelo acúmulo de alimentos sólidos ou líquidos na região abdominal
-Insuficiência pancreática

Leia mais: “Não devemos ter medo da bondade, da ternura.” – Papa Francisco

Ajuda médica

Se o seu abdômen estiver com um volume maior do que o normal, procure ajuda médica imediatamente, principalmente se você apresentar algum dos sintomas que vêm acompanhados deste aparente inchaço.

-Dor abdominal
-Fezes com sangue
-Fezes escuras
-Diarreia
-Azia
-Náuseas e vômitos
-Perda de peso
-Perda de apetite
-Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar um abdômen distendido são:

-Clínico geral
-Gastroenterologista
-Endocrinologista
-Metabologista
-Proctologista
-Oncologista

Uma dica é estar preparado para a consulta, isso pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

-Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
-Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
-Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

-Quando você notou o aumento do volume abdominal?
-Você apresentou outros sintomas? Quais?
-Você sente dor na região abdominal?
-Você foi diagnosticado recentemente com outra condição médica?
-Você tem alguma doença gastrointestinal?
-Você faz uso de algum tipo de medicamento? Qual?
-Você está passando por algum tipo de tratamento? Qual?
-Como é sua alimentação?
-Você pratica exercícios físicos? Com que frequência?
-Você tem algum tipo de intolerância alimentar?
-Você tem perdido ou ganhado peso recentemente?
-Você notou sangue em suas fezes?
-Você tem diabetes?
-Você tem alguma doença relacionada ao sistema endócrino?

Cuidados para aliviar os sintomas

Evite o consumo de bebidas gaseificadas, consumo de alimentos gordurosos, além de cortar de dua dieta o consumo de repolhos,nabos, lentilha e alguns tipos de grãos.

Mudar os seus hábitos alimentares à mesa é fundamental. Fazer as suas refeições sempre no mesmo horário e alimentar-se devagar, mastigando bem os alimentos.

Evitar o uso de tabaco, e o consumo exagerado de bebidas alcoólicas. Além disso, você  também pode adquirir medicamentos de venda livre em farmácias para aliviar o desconforto causado pela distensão abdominal.

Medicamentos  utilizados

Um abdômen distendido pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico.

Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Os medicamentos mais comuns no tratamento de um abdômen distendido são:

-Domperidona
-Motilium
-Simeticona

É importante também seguir sempre as orientações do seu médico e NUNCA se automedicar. Não interromper o uso de medicamento sem consultar um médico e  seguir sempre as instruções na bula.

Com informações:Minha Vida

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS