A americana Jocelynn James, que chegou a aparecer na lista de pessoas mais procuradas do estado do Alabama, nos Estados Unidos, doou um de seus rins a um policial que chegou a prendê-la duas vezes. O policial aposentado Terrell Potter prendeu James duas vezes, quando ela tinha problemas com seu vício em opioides e enfrentava uma série de acusações criminosas. A história foi relatada na rede de TV WVTM, dos EUA.

James conseguiu interromper seu uso de opioides em 2013, depois de cumprir uma pena de seis meses em uma casa de detenção com regras mais relaxadas. Religiosa, ela afirma que pediu a Deus para não ter mais problemas com esse tipo de drogas, e assim aconteceu. De acordo com ela, em 2019 ela estava navegando em uma rede social quando viu que Potter precisava de um transplante de rim.

Ela afirma ter ouvido a voz do Espírito Santo dizer que ela deveria doar um de seus rins. Potter estava na fila para receber um órgão há oito anos. Ele também é religioso e atribui a doação a Deus. Ela fez testes e descobriu que o rim tinha compatibilidade. A cirurgia, considerada um sucesso, aconteceu em julho. Os dois se aproximaram depois disso.

“Eu não tenho uma figura paterna na minha vida, então acho bem legal [a relação dela com Potter]”, disse James à rede de TV WVTM. James tem um programa sem fins lucrativos para mulheres que têm problemas de vício em opioides. Ela compartilha ensinamentos da Bíblia para ajudar aqueles que procuram orientação. De acordo com o site, mais de 500 mulheres já procuraram o programa

Fonte: G1

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS