O câncer é uma doença que atinge qualquer pessoa, sem distinção de gênero, idade ou classe social. É tremendamente cruel, especialmente quando afeta os mais pequenos.

Lula Beth Bowden é uma menina de 4 anos com diagnóstico de tumor de Wilms, câncer infantil que afeta o rim. Foram momentos difíceis, mas como uma boa campeã, conseguiu vencer a doença e festejou com uma bela sessão de fotos.


Instagram Kristin Bowden

A família dela é natural de Vernal (Utah, Estados Unidos) e quando souberam da notícia ficaram com o coração partido. Uma pessoa que tem toda a vida pela frente, com um futuro lindo, inocência e amor.

Apesar de tudo, eles sabiam que Lula lutaria muito, que não desistiria.

A mãe de Lula é fotógrafa e, quando o câncer melhorou, elas comemoraram juntas posando para a câmera.

“Nunca esperávamos que essa notícia acontecesse conosco. São sempre histórias tristes e comoventes de outras pessoas que você vê, até que aconteça com você ”.A mãe de Lula, Kristin Bowden, comentou.

Foi uma luta impressionante, onde a menina se revelou uma verdadeira guerreira, uma campeã que não se deixa vencer.

Ela teve que se submeter a uma grande cirurgia para remover o tumor. Segundo os profissionais, o tumor era do tamanho de uma pequena bola de futebol. Eles devem ter removido seu rim inteiro.

Posteriormente, ela passou por 13 sessões de quimioterapia, por cerca de 22 semanas.

Apesar de ser tão jovem, pequena e – aparentemente – delicada, ela venceu a doença com facilidade.

No início de agosto, ela terminou sua última rodada de quimioterapia. Três semanas depois, a família disse às suas redes sociais que Lula não tinha câncer.

“Temos sido muito felizes e isso nos ensinou a nunca considerar a vida ou a saúde algo garantido.”

Ela é uma menina de 4 anos que está dando aulas ao mundo sobre como travar suas batalhas.

Parabéns, pequeno (GIGANTE) Lula!

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

RECOMENDAMOS