Chegou o inverno, as temperaturas começam a baixar, com isso certas partes do nosso corpo ficam mais sujeitas ao ressecamento.

Os pés e as mãos, são as partes mais afetadas no frio, isso porque costumam ficar mais expostas, mesmo que estejamos bem agasalhados e portanto, são as que mais sofrem nesse período.

 “Para ter mãos saudáveis e lindas, use protetor solar diariamente e cremes nutritivos à base de ureia, lanolina e ácido lático”, indica Karla Assed.

Karla Assed é a dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, conhecida por ser a dermatologista das famosas, entre elas, Xuxa, Angélica, Claudia Leitte e Deborah Secco

Dr Karla dá algumas dicas de como ter uma pele bem hidratada no inverno:

Pés

É aconselhável usar hidratantes diariamente à base de ureia, glicerina, manteiga de karitê e óleo de semente de uva. Fazer também uma esfoliação semanal ao invés de lixar, para diminuir a aspereza.

Leia Mais: Suco de caixinha não pode, vou beber o quê então?-por Dr Victor Sorrentino

 Mãos

Usar protetor solar diariamente e cremes nutritivos com ativos como ureia,  lanolina e ácido lático. Use também cosméticos à base de hialurônico e vitaminas C e E

Esfoliação da pele do corpo

Ajuda tanto no brilho e na hidratação, quanto na maciez. Faça uma pequena mistura em um pote com mel, açúcar e óleo de amêndoas doce e aplique no banho fazendo movimentos suaves e circulares no todo o corpo. Depois retire com água corrente.

Mistura para dar luminosidade à pele

Coloque iogurte natural para gelar, logo após retire o soro que ficar na parte superior e aplique o iogurte com pincel no rosto formando uma máscara, deixe secar por 10 minutos e retire.

Uma receitinha para usar a noite nas mãos e pés. Misture um pouco de hidratante com ureia, semente de uva ou óleo de girassol com algumas gotas de silicone gel. “A mistura manterá a hidratação da pele por muito mais tempo“, ressalta Karla Assed.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Informações: Revista Marie Claire

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS