Por Dr Victor Sorentino

Gostaria de apresentá-los a uma substância mágica, limpa e pura, que não traz em si nenhum aditivo, corante, conservante, açúcar ou substância deletéria.

Talvez se trate do MELHOR “ALIMENTO” disponível ao ser humano.

É, talvez você já tenha se dado conta de que estou falando da boa e velha… água. “Mas que sem graça!”

Sucos de caixinha ganharam popularidade pela sua praticidade.

“O suco fresquinho, o sabor de uma fruta”… convenientemente embalado à sua disposição no supermercado mais próximo.

Não é preciso ser nenhum estudioso para enxergar que SUCO ali é o que menos existe. Não, não importa que a embalagem diga que foi utilizado o suco de 30 laranjas (pior ainda), que contém gomos da fruta, que contém suco integral sem conservantes.

Para começo de conversa: suco já não é bom. Frutose líquida. Agora… NÉCTAR de frutas consegue ser PIOR AINDA! Se trata de uma DILUIÇÃO do suco (contém no máximo 20% de polpa) em açúcar, conservante, aromatizante e corante.

Todo seu processo de fabricação ELIMINA completamente os nutrientes de qualquer resquício de fruta utilizado algum dia. Além disso, não são raras as marcas que utilizam XAROPE DE MILHO como adoçante.

Já falei dos perigos do consumo dessa bomba glicêmica (que está presente desde refrigerantes a barrinhas de cereal!!). Basta pesquisar em minhas postagens.

Sucos de caixinha podem desencadear ainda reações alérgicas e até doenças em indivíduos pré-dispostos. Os feitos à base de soja contém FITOESTROGÊNIOS, que são maléficos por si só, isso sem falar nos que são feitos (grande maioria) à base de soja transgênica.

ATENÇÃO PAIS!! Crianças que consomem regularmente sucos de caixinha estão sendo expostas à quantidades ABSURDAS de corantes, conservantes e açúcares: substâncias que estão ligadas à distúrbios do sono, irritabilidade, agitação fora do comum e dificuldade de concentração, acentuando inclusive quadros de TDAH e distúrbios de atenção.

O consumo de açúcar em excesso (incluindo os adoçantes e a frutose própria da fruta) favorece a obesidade, induz a aumentos do ácido úrico, doenças cardíacas, renais, inflamações, diabetes… e a lista se estende.

Quanto à EMBALAGEM, geralmente de papelão com interior em alumínio, é preciso um cuidado redobrado. O excesso de alumínio no organismo vem sendo cada vez mais relacionado com:

+ Doença de Alzheimer,
+ Síndrome do intestino irritável
+ Dores musculares generalizadas
+ Câncer de pulmão
+ Esclerose múltipla
+ Mal de Parkinson
+ Osteoporose
+ Osteopenia
+ Fragilidade óssea.

Leia mais: Gordura abdominal pode estar ligada à falta de vitamina D, diz estudo

Realmente… “mas que sem graça!”. “OK Victor, e quanto aos sucos 100% integrais, pura fruta, sem conservantes ou aditivos?”

Bem… MESMO se me garantir que o suco embalado vem REALMENTE com 0 aditivos (quem pode garantir, afinal?)… AINDA É PÉSSIMO PARA A SAÚDE.

Já falei bastante sobre o problema da ingestão frequente de SUCOS de frutas, do grande problema do excesso de frutose, da falta da presença das IMPORTANTES FIBRAS, da rápida absorção da glicose, dos picos de insulina… enfim.

Fica meu conselho de sempre, batido, “chato”. Mas que no final das contas… é o que representa SAÚDE, se isso for o que busca.

“Quem tem fome come a fruta, quem tem sede toma água!” Simples.

Se desejar, inclua (com moderação) algumas rodelas de limão, folhas de hortelã ou gengibre.

A indústria alimentícia nos fez de REFÉNS. Nos acostumamos e nos VICIAMOS em seus produtos modificados, altamente processados. Realmente não existe vida após o suco de caixinha?

Meu papel é INFORMAR sobre o que existe de melhor e também de PIOR para a sua saúde. O que cada um fará com essa informação está fora de minha alçada, embora deseje do fundo do meu coração que todos alcancem uma vida mais plena, saudável e longe de doenças.

Seu futuro está em suas mãos, e de mais ninguém.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS