Uma foto do formando em Direito, Ismael Silva, 24 anos, roubou a cena nas redes sociais, ganhando muitos likes e compartilhamentos.

Ele fez uma emocionante homenagem aos seus pais durante a solenidade de colação de grau. Ele exibiu um banner que dizia “O filho do pedreiro com a catadora de castanhas também venceu!”.

A imagem ganhou as redes sociais em poucos minutos, emocionando não só os familiares de Ismael, mas todos os teresinenses. A história de Ismael é inspiradora e mostra que a educação pode mudar destinos e realizar sonhos.

Ismael que além da colação de grau no curso de Direito, já esta aprovado na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), diz que tudo foi resultado de uma soma de esforços, dedicação e oportunidades.

Ele se matriculou no curso de Direito, em uma faculdade privada da capital, pelo Programa Universidade para Todos (Prouni). Uma porta aberta para os sonhos do filho do pedreiro Antônio Luiz da Silva e da ex-catadora de castanhas Socorro Nascimento, que desde criança já ajudava no orçamento familiar com a venda de dim-dins, milhos e espetinhos pelas ruas.

Mesmo com a infância difícil, Ismael diz que estudar sempre foi sua prioridade. Sempre teve muito apoio dos pais e ajuda de muitos amigos.

Leia mais:Smoothie de espinafre: incrível receita antioxidante e rica em cálcio

Os anos da faculdade contaram com a ajuda dos amigos, que não mediram esforço para ajudá-lo. “Foram os melhores cinco anos da minha vida. Deus não faz nada pela metade. Fui abençoado com a turma que estudei. Mesmo com o meu trabalho, não dava para comprar todos os livros e a turma com os professores se reuniram para me ajudar nessa trajetória, devo muito a eles”, fala com a voz trêmula de emoção, principalmente ao lembrar-se de quando teve seu notebook levado por assaltantes e em seguida foi presenteado pela turma com um novo.

O agora advogado, trabalha como assessor técnico da Procuradoria Municipal de Teresina, sempre sonhou com a carreira, viu sua vida mudar para melhor e garante que mesmo já contribuindo com a sociedade em projetos voltados à comunidade carente, pretende ajudar as pessoas, independente da classe social.

“Sempre sonhei em me formar no curso de Direito. Amor de infância. Gosto de trabalhar com as questões sociais, em prol da Justiça e da Ética. Adoro ajudar o próximo“.

“Espero nunca mudar minha essência e permanecer preocupado com as pessoas, sempre estendendo a mão a quem precisa”, destaca Ismael

Ele confessa que está surpreso com a repercussão nas redes sociais. “Fiz apenas para homenagear meus pais“. Ele conta que o susto já começou durante a solenidade, quando todo mundo se levantou e o aplaudiu.

Ismael ficou emocionado ao homenagear os pais. “Meus pais foram guerreiros, me deram total suporte, mesmo separados”, garante o formando que não se importou em quebrar o protocolo da solenidade ao descer do palco para abraçar seus pais.

Informações: Amo Direito

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS