Dizem que em tempos de crise é onde as mais conhecemos as pessoas, é por isso que eu só consigo admirar mais ainda o cantor Jon Bon Jovi.

O astro do rock (junto com sua esposa Dorothea) tem 3 restaurantes onde eles dão comida aos pobres e famintos, qualquer um entenderia que eles poderiam fechar as portas em tempos de Covid-19.

No entanto, como se o trabalho que realizasse não fosse suficiente, o vocalista se recusou a se refugiar e quer continuar ajudando. Ele foi pego na parte de trás de um de seus locais em Nova Jersey lavando a louça:

View this post on Instagram

If you can’t do what you do… do what you can!

A post shared by Soul Kitchen (@jbjsoulkitchen) on

“Se você não pode fazer o que faz … faça o que puder!” , diz a imagem que foi compartilhada através da conta do Instagram da sua franquia JBL Soul Kitchen . Por ignorância, imaginamos que todo o pessoal não estará disponível no meio da crise pela qual o planeta está passando; portanto, o intérprete de “It’s my life” decidiu não ligar para ninguém e cuidar da situação.

Lembre-se de que esses restaurantes não cobram refeições, é um projeto da Jon Bon Jovi Soul Foundation que se concentra em atender clientes carentes. Eles não têm preços, apenas pedem doações sugeridas para pagar comida para quem não precisa pagar.

A opção também está disponível para os clientes ‘pagarem’ pela comida que trabalha no local, apenas (para a prevenção do coronavírus) essa possibilidade foi temporariamente descartada. O coronavírus os limitou e, atualmente, eles só fazem pedidos para quem precisa, não para clientes comuns.

“Se você ou sua família estão com fome, nós somos um recurso para você”, detalhou a conta oficial.

A franquia já forneceu 100.000 refeições na última década, um número que só será expandido com a sede recém-inaugurada, que estará em um campus universitário e permitirá que os alunos paguem suas refeições com dinheiro ou através de trabalho voluntário.

Todos podem fazer o que quiserem com seu dinheiro e tempo, mas é um prazer quando alguém que não tem a necessidade decide ajudar sem interesse. Você é um grande artista, mas uma pessoa melhor, Jon.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS