Saiu uma nova atualização sobre o coronavírus no mundo, e as notícias são boas! Uma das mais significantes é a recuperação de mais de 100 mil pessoas da doença, mais existem outras que nos fazem sonhar com uma humanidade melhor.

São casos de grandes multinacionais se unindo para fabricar aparelhos respiratórios, alcool em gel e máscaras, 20 vacinas em desenvolvimento, a redução da poluição em 3 países…

Na verdade uma onda de solidariedade e amor ao próximo se espalha no planeta e nos faz acreditar que é possível ser diferente. Trouxemos um resumo atualizado feito pelo site Good News Network. São notícias para deixar seu dia mais feliz e com fé na humanidade.

1-Já são de 100 mil pessoas que se recuperaram do coronavírus em todo mundo

Feita pela Universidade Johns Hopkins, uma pesquisa revela que já são mais de 100 pacientes recuperados totalmente do Covid-19. (acompanhe as atualizações aqui).

Esse número deve subir ainda mais, à medida que mais tratamentos em potencial forem testados em todo mundo. Já existem caso de uma paciente com 101 anos que conseguiu se recuperar do vírus.

2-Já são mais de 20 vacinas contra o coronavírus em desenvolvimento segundo a Organização Mundial da Saúde 

A OMS está trabalhando em conjunto com cientistas do mundo todo para testar e desenvolver 20 vacinas diferentes.  O corpo coletivo de pesquisa é particularmente “notável”, já que as vacinas estão em desenvolvimento apenas 60 dias depois que vários cientistas internacionais decodificaram a sequência genética do vírus e a compartilharam com o resto do mundo, disse a Dra. Maria Van Kerkhove, o líder do programa de emergências da OMS, em entrevista na Genebra na semana passada, informou a CNBC. Uma das vacinas já está sendo testada em voluntários americanos em Seattle.

3-Ford e 3M juntam-se a GE, para produzir máscaras e ventiladores mecânicos.

A Ford e a divisão de equipamentos médicos da GE Healthcare, em um esforço conjunto, vão expandir a produção de ventiladores da própria GE, que já são usados para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória. Outra ação em conjunta entra as empresas, são os engenheiros que estão trabalhando no desenvolvimento de um modelo mais simplificado, que está sendo produzido em uma das fábricas da Ford.

A parceria da 3M e a Ford vai reforçar a produção de respiradores, equipamentos acoplados a máscaras usados para a proteção das equipes de saúde. Essa parceria tem como plano multiplicar por dez o volume de produção.

4-Empresas e pessoas doam máscaras faciais a necessitados

Grandes empresas de tecnologia, como Facebook e Apple, estão doando milhões de máscaras e suprimentos médicos para instituições de saúde dos EUA. Empresas chinesas estão repassando suas próprias máscaras para países europeus recentemente afetados pelo vírus. Taiwan está doando 100.000 máscaras para os Estados Unidos.

Na Carolina do Norte, uma fábrica têxtil está se preparando para fabricar 10 milhões de máscaras por semana. Empresas de moda internacionais também redirecionaram suas equipes de produção para produzir máscaras faciais. Uma designer de moda francesa está fazendo máscaras faciais, dando-as de graça e também ensinando como outras pessoas podem fazer suas próprias máscaras .

5-Uma onda de gentileza e empatia se espalhou pelo mundo depois do coronavírus

São várias demonstrações, pessoas, pequenas empresas, igrejas…estão entregando mantimentos para a população e idosos em auto-isolamento. Crianças estão cuidando de sem-teto. Pessoas estão compartilhando seu papel higiênico com a comunidade, entre outras histórias de bondade e compaixão que surgem diariamente nas redes sociais.

6-Poluição despenca nos EUA após a quarentena imposta pelo coronavírus

Depois da China e Itália, a poluição despencou também nos Estados Unidos, após as cidades incentivarem o auto-isolamento. Nas últimas semanas, imagens de satélite revelaram reduções significativas na poluição do ar – principalmente na Califórnia, Seattle e Nova York. Segundo a CNN , os cientistas ambientais estão estimando que a melhoria na qualidade do ar poderia salvar coletivamente até 75.000 pessoas de morrerem prematuramente.

Com Informações: Só Notícia Boa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS