Seu caso não é exceção, infelizmente é algo que acontece com mais frequência do que gostaríamos. Muitos idosos em todo o mundo vivem em condições terríveis. Felizmente para Don Roberto, seus vizinhos mudaram sua vida. Eles devolveram sua felicidade e sorriso.

Sua casa estava em péssimas condições, ele morava sozinho e nem tinha luz elétrica ou água quente. Um dia ele abriu a porta sem saber que tudo mudaria, eram amigos da vizinhança, que o “adotaram”, reformaram sua casa e mudaram sua vida.

Esta foi a primeira vez que o visitaram:

Seu nome é Roberto e ele tem 78 anos. Ele mora solitário, em um bairro de São Paulo (Brasil), sem luz, banheiro próprio, móveis ou cama. Ele dormia em um sofá desconfortável, longe do conforto e comodidade que deveria ter.

“A situação em que vive é muito triste e, graças à solidariedade de um grupo de vizinhos, nos juntamos a eles para reformar sua casa e mudar essa história. Roberto é uma pessoa doce e só agora está aceitando ajuda por seu medo do coronavírus. Desde então, nos revezamos na preparação do almoço e do jantar e sempre comemos quente e com muito carinho”.


Razões para Acreditar

Sua casa parecia abandonada, como destacou Razões Para Acreditar. Nem o chuveiro nem o banheiro funcionaram bem, na verdade ela teve que se banhar com água fria no auge do inverno.

Ele também não tinha móveis, exceto um velho sofá onde dormia. O chão estava quebrado e solto.

Mas a solidariedade e o amor sempre podem fazer mais. Quando os moradores do setor souberam do caso, decidiram colaborar e uma comunidade foi formada para ajudá-lo.

Fizeram uma arrecadação e doaram muitas coisas para ele, tudo em benefício direto de Don Roberto e sua casa. A mudança é impressionante.


Razões para Acreditar

Seu sorriso enche nossa alma! Eles transformaram sua casa em um lugar aconchegante.

O que esses caras e seus vizinhos fizeram é admirável. Eles devolveram a alegria e a vida a Don Roberto.


Razões para Acreditar


Razões para Acreditar


Razões para Acreditar


Razões para Acreditar

Isso acontece quando todos nós fazemos nossa parte para fazer boas ações, além do dinheiro. Trata-se de ser gentil e solidário com o que temos em mãos.

O que aconteceu a Dom Roberto é fruto de um trabalho de equipe e de bom coração.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS