Com apenas dois anos, Martín Chávez recebeu um diagnóstico difícil: sofria de leucemia linfoblástica aguda. O menino, junto com sua família, teve que passar por um difícil processo de tratamento em Mar del Plata, Argentina.

No entanto, este ano, em meio a uma crise de saúde, Martín recebeu belas notícias, derrotando o câncer depois de dois anos de luta. Após sua última sessão de quimioterapia, ele comemorou com toda a família com balões e pôsteres. “Hoje é minha última quimioterapia”, escreveu uma que ele colocou no carro. Uma mensagem de esperança em meio à pandemia.


Infocielo

Outro dos cartazes dizia: “Eu venci o câncer”. A família do garoto de Villa Gesell decorou sua casa e seu carro para ir ao hospital. As imagens chocaram as redes sociais. “Somos felizes, não há tanta felicidade no corpo”, disse à mãe de Martín, Daiana, à Infocielo .

Daiana disse que a terapia do filho resultou em seis blocos de seis dias de hospitalização. Durante a última consulta, a família chorou tanto ou mais que no dia em que foram diagnosticados. “Não podíamos acreditar”, disseram eles.


Infocielo

“Foi tudo muito emocionante! Além disso, o rosto dele … às vezes os subestima, acha que eles não entendem e entendem tudo! Foi uma celebração super emocional … pulamos, abraçamos ele, choramos, tudo junto!”Daiana disse ao portal argentino.


Infocielo

A mãe feliz compartilhou as notícias em suas redes sociais, onde recebeu muito apoio e carinho. Daiana agradeceu às pessoas que os acompanharam na luta e garantiu que “sim, você pode”. “Vimos esse dia até agora e chegou. Hoje recebo muitas mensagens bonitas, outras dizendo que Martín lhes deu força e esperança”, disse Daiana.


Infocielo

Felicidade pura!

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Bem Mais Mulher

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS