Por: Saber Viver Mais

Em um acordo firmado com a Pfizer Inc e a empresa de biotecnologia alemã BioNTech SE, o governo americano acaba de criar uma referência para o preço de uma vacina contra o coronavírus.

O acordo com a empresa alemã é de 2 billhões, e com isso pressionará outras industrias farmacêuticas a estabelecerem preços equivalentes ou semelhantes, segundo analistas da indústria.

Entende o valor final da vacina

Primeiramente o governo americano quer que o produto seja aprovado e que garanta a inoculação em 50 milhões de norte-americanos, saindo o custo final de aproximadamente 40 dólares por pessoa. O custo da vacina seria aproximadamente o mesmo valor médio de uma vacina antigripal do mercado.

Serão compradas 100 milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech a um preço que equivale a 39 dólares pelo que provavelmente será um tratamento de duas doses, ou 19,50  dólares por dose.

Entretanto os Estados Unidos já deixou claro à Pfizer e a BioNTech, que ambas só serão pagas após a vacina realmente se mostrar segura e eficaz em um grande teste clínico essencial que deve começar neste mês.

Preço médio

Como outros governos, o dos EUA já havia firmado acordos para apoiar o desenvolvimento contra o Covid-19, alguns acordos incluem entregas garantidas de doses, mas este é o primeiro delinear um preço específico para produtos finalizados,

Segundo o presidente e cofundador do Centro para Medicina de Interesse Públicom Peter Pitts, “O preço médio de uma vacina antigripal é cerca de 40 dólares, parece bom com esta comparação. Está dentro da média da sensatez.”

Outras vacinas

Existem outras vacinas experimentais que também são promissoras e apresentaram dados bem semelhantes de segurança e eficiência, comparadas à vacina da Pfizer/BioNTech. Isso leva a crer que nenhuma farmacêutica em particular conseguirá cobrar um valor diferenciado em relação as concorrentes, especulou o analista da empresa de biotecnologia Mizuho, Vamil Divan.

Com informações:G1

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS