Alho e canela são dois poderosos alimentos. Ambos são riquíssimos em benefícios à saúde.

Para começar, o alho é um potente antibiótico natural. Ele é rico em vitaminas do complexo B e em minerais como zinco e selênio e, por isso, é um excelente remédio para gripes e resfriados.

O alho ainda regula a pressão arterial e reduz o nível de colesterol no sangue, prevenindo aterosclerose e doenças cardiovasculares.

Ele também estimula a secreção de insulina pelo pâncreas, reduzindo a glicose no sangue. Por ser um forte antioxidante, ele é considerado um alimento anticâncer.

O consumo regular de alho reduz o risco de infarto e doenças do coração.

Além disso, combate vírus e bactérias, elimina vermes e parasitas, enfim, fortalece a imunidade.

A canela não fica atrás. Ela acelera o metabolismo, combatendo a obesidade.

Ela é muito indicada para os diabéticos por regular os níveis de açúcar do organismo.

Também ajuda a impedir a formação de células de cancerosas, combate infecções intestinais e é muito boa para a desintoxicação de todo o organismo.

Esta infusão de alho e canela é, por tudo isso, um supermedicamento natural.

Além de ajudar a perder peso e a secar a barriga, vai combater a retenção de líquido, desinchar todo o corpo e ajudar a eliminar parasitas e alguns tipos de fungos.

A infusão de alho é muito fácil de preparar e de baixo custo, leva apenas cerca de 15 minutos para ficar pronta.

Faça e comprove:

INGREDIENTES

  • 3 xícaras de água
  • 3 dentes de alho picados
  • 2 pedaços de canela em pau ou 1 colher (sopa) de canela em pó

MODO DE PREPARO

-Ferva três xícaras de água.
-Quando entrar em ebulição, adicione o alho e a canela.
-Deixe ferver por 8 minutos.
-Desligue o fogo.

Deixe descansar por no mínimo 5 minutos antes de beber. Coe antes de consumir.

Como tomar

O ideal é tomar esta bebida em jejum, antes do café da manhã.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Fonte: Cura Pela Natureza

<Siga o Cura pela Natureza no Twitter>

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS