Um dia, enquanto olhava para o Instagram como sempre, Sydney Ferbrache viu uma foto de uma garota em uma van. Talvez fosse o destino, ou simplesmente a imagem, mas esse fato mudou sua vida para sempre.

Agora Ferbrache, 24 anos, passa seus dias em uma van viajando com sua cadela Ella pelos Estados Unidos. Ela deixou um noivo e embarcou na aventura.

Tudo começou quando a jovem de Indianápolis viajou à Europa por quase um mês em seu primeiro ano de faculdade. Ela nunca havia saído do país antes, disse ela à Insider.

Um ano e meio depois, Ferbrache planejou uma viagem solo à África do Sul.
Depois de ver a foto do Instagram da garota em uma van, ela pediu ao noivo para fazer a mesma coisa juntos. Eles trabalhavam cerca de 80 horas por semana e sua vida era totalmente “infeliz”, disse ele.

Ele aceitou, comprou uma van Mercedes-Benz e iniciou a viagem em setembro de 2017. Embora tenha sido uma ótima experiência, Ferbrache percebeu que essa viagem não poderia ser feita com o noivo, era uma viagem dela.

“Eu sempre senti que era capaz de ir a 160 km / h e estava com alguém que só podia andar a 80 km / h. Senti que não podia estar fazendo tudo o que queria, ou atirando nas estrelas do jeito que queria, porque ele tinha sonhos muito diferentes ”, disse ela à Insider.

Mas Sydney ficou encantada com esse modo de vida. Ela sentiu uma “grande sensação de liberdade” e, quando o namorado ficou no caminhão, ela comprou um novo. Ele adicionou uma cozinha, fogão, pia e uma cama.

Em setembro de 2018, tudo estava pronto para a estrada. “Foi o mais libertador. Não acredito que realmente fiz isso acontecer. Foi uma ótima sensação ”, ela disse.

Desde então, elas visitaram 20 estados, viajando para lugares como Montana, Utah, Arizona, Califórnia, Oregon e Quebec no Canadá. A cada quatro ou seis meses, Ferbrache para em Indiana para ver sua família e passar um tempo com seu sobrinho de 2 anos.

Ferbrache estima que gaste cerca de 300 dias do ano no total na estrada. Ela financia suas viagens por meio de publicidade e marketing afiliado em seu site e também ajuda as pessoas a criar seus próprios blogs. Ela também começou seu próprio podcast.

“Honestamente, até hoje, nunca me senti em perigo. Eu tenho uma família muito no meio-oeste, eu estava cercada por um pai muito protetor e tenho esse sentimento de segurança e atenção.”, ela disse.

Sydney quer chegar ao Alasca na primavera de 2020 e planeja ir para Oregon, Washington e Colúmbia Britânica ao longo do caminho. O que vem a seguir ainda não foi planejado, mas será definitivamente será em sua vam e com sua cadela.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS