Quem me conhece sabe que amo café e me contenho para não tomar mais que dois a três ao dia.

E essa é a questão em relação ao café: a dose, que pode ser remédio ou veneno (bem, veneno é um exagero na nutri sagitariana , mas muito café pode ser realmente prejudicial).

Mas tomar dois a três cafezinhos por dia pode ser um auxiliar à sua saúde sim. Um estudo da Universidade de Havard, nos EUA, feito com 50 mil pessoas, por 10 anos, demonstrou que o consumo de café está associado a uma menor probabilidade de se desenvolver depressão.

Outros estudos já mostraram os benefícios no consumo do café, principalmente relacionados ao seu potencial antioxidante, devido à presença de polifenóis e flavonoides. O café ainda pode prevenir a oxidação do DNA e também prevenir a oxidação do colesterol bom, a fração LDL.

O consumo de café também demonstrou melhor a capacidade cognitiva (de aprendizado). A possibilidade de diminuir incidência de Parkinson e Alzheimer. E além disso, que sei que vocês amam, devido à cafeína, atua como termogênico, acelerando o metabolismo e nos ajuda num melhor desempenho durante os exercícios.

Já o excesso de café pode causar insônia, irritabilidade, inquietação, dor de estômago, tremores musculares e aceleração cardíaca. Além da quantidade, até uns 250ml dia (mais ou menos 3 cafezinhos), deve ser observada a forma de preparo.

A melhor forma é o café coado e sem açúcar e nem adoçante, né? Por favor. E por aqui, quem também ama o café nosso de todo dia?

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Karina Peloi
Nutricionista e Coach em: Emagrecimento, Nutrição Clínica Funcional , Alimentação Saudável, Criadora método magras para sempre.