A banha de porco antigamente era o ingrediente mais usado no preparo de pratos, com o surgimento e popularização dos óleos vegetais, a banha ganhou fama de vilã, porque supostamente elevaria os níveis de colesterol, aumentando os riscos de infarto, fazendo mal ao coração.

Porém essa fama foi desmitificada, assim como o ovo, a banha de porco deixou de ser considerada inimiga da saúde e é indicada por grande parte da comunidade médica como uma opção saudável para ser utilizada na culinária.

Banha de porco é mais saudável que óleo de canola

O nutrólogo Dr Flávio Madruga, que é especialista em medicina esportiva, os benefícios da banha de porco são inúmeros e são muitos mais saudáveis do que os óleos vegetais refinados.

Rica em em graxos monoinsaturados, é mais estável ao ser submetida ao calor, sendo mais difícil de sofrer oxidação. Assim como a manteiga, o azeite e o óleo de coco.

Os óleos vegetais refinados que são poli-insaturados, por outro lado, oxidam facilmente quando aquecido e liberam substâncias extremamente tóxicas e inflamatórias, explica o médico.

Leia também: Autismo: Veja Como Identificar Nas Crianças

Benefícios da banha de porco para a saúde

De acordo com recentes estudos os nossos avós estavam certos quando cozinhavam com a banha de poco. A gordura animal é livre de gorduras trans e açúcares, possui baixo teor de sódio, é rica em vitaminas B, C, D, cálcio, além de minerais como fósforo e ferro.

A banha de porco tem uma composição equilibrada entre gorduras saturadas (40%) e gordura monoinsaturada (45%) e ainda ajuda a prevenir as doenças cardiovasculares, elevando o nível de HDL (o chamado colesterol “bom”) e diminuindo o de LDL (o colesterol “ruim”).

Por não possuir nem sabor e nem cheiro a gordura pode ser utilizada em qualquer tipo de preparação sem alterar o gosto da comida.

Outro benefício é financeiro, se comparada aos óleos de girassol e canola, por exemplo, é mais barata.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Informações: Vix

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS