Antes do alerta para o coronavírus no Brasil, em que o primeiro caso possível de infecção respiratória pelo vírus já havia sido relatado, em Minas Gerais, é importante que a população seja protegida e tenha as medidas de segurança necessárias para se proteger de um possível contágio.

Nesta nota, reunimos algumas recomendações, para que você e sua família estejam seguros. Mas lembre-se de que algo muito importante é prevenir e você não precisa entrar em pânico.

As seguintes medidas com as quais a população pode prevenir a doença, vem do Centro de Controle de Doenças da China, que recomenda o seguinte:

  • 1 Lave bem as mãos, geralmente por 20 segundos e faça-o com frequência, especialmente quando estiver em espaços públicos.
  • 2 Evite tocar nos olhos, boca e nariz sem antes lavar as mãos.
  • 3 Evite contato próximo com pessoas suspeitas de serem portadoras do vírus.
  • 4 Evite viajar para a China, Coréia do Sul e Japão, se não for estritamente necessário.
  • No momento, a OMS não determinou se a nova cepa de coronavírus representa uma emergência de saúde pública de alcance internacional ‘, mas espera-se que as informações sejam atualizadas em breve.

    Nesse caso, o Governo Federal pode ter outras medidas para proteger a população. Fique atento às novas informações e siga as recomendações à risca. Lembre-se de que sua saúde e a de sua família vêm em primeiro lugar.

    O que é o coronavírus?

    O coronavírus é descrito como um vírus misterioso, semelhante à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), que causou mais de oito mil mortes em 2014. Apareceu no centro da China e se espalha rapidamente pelas grandes cidades do país, além de atingir outras nações através do contágio entre seres humanos. O surto da doença é de responsabilidade de uma cepa previamente vista pertencente a uma ampla família de vírus, da qual causa resfriado, a doenças respiratórias mais graves.

    Quais são os sintomas:

    *Febre.
    *Pneumonia.
    *Dificuldade para respirar.
    *Dor muscular.

    Um tratamento eficaz contra a doença ainda não foi encontrado, portanto, a prevenção é indispensável, pois 9 mortes já foram relatadas na China.

    Não se esqueça de cuidar da sua saúde e da sua família.

    Texto originalmente publicado no Nation, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

    COMPARTILHAR

    RECOMENDAMOS




    COMENTÁRIOS