Experimento realizado no Japão comprova que cães sabem reconhecer quando estamos tentando enganá-los.

Quando um cachorro corre atrás do próprio rabo, pode parecer que ele é bobo. Mas na verdade, os cães são capazes de reconhecer a mentira, segundo o estudo liderado pelo pesquisador japonês Akiko Takaoka, da Universidade de Kyoto.

Os japoneses fizeram os testes com 34 cachorros. Eles apontaram um potinho onde havia comida. E os cães correram para lá. Na segunda vez, os pesquisadores apontaram outra vez para um pote, só que dessa vez estava vazio.

Os bichinhos acreditaram no golpe e voltaram frustrados. Mais uma vez, os pesquisadores apontaram para um recipiente – e até tinha comida lá. Mas os cães simplesmente ignoraram.

Leia também: Os perigos de beber a água que fica ao lado da sua cama

Em outro tipo de teste, os voluntários mentirosos foram substituídos por novas pessoas que os cães não conheciam. A primeira rodada foi repetida, as pessoas indicavam o caminho onde estariam petiscos e brinquedos e os cães seguiram as instruções dessas pessoas.

Ou seja: quando conhece a pessoa pela primeira vez, o cachorro deposita confiança nela. Mas quando é alguém que já tenha enganado o cachorro, ele não confia mais. Os cães conseguem diferenciar quem os enganou.

Segundo os pesquisadores, os cães possuem uma sofisticada inteligência social, e essa capacidade foi evoluída na convivência dos cães com os humanos ao longo de toda a evolução.

Os cães, como sempre, nos ensinam a viver. À primeira vista, confia-se. E só passa-se a desconfiar depois que acontece uma razão para tal.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Informações: Super Interessante

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS