Por: Revista Saber Viver Mais

Esses alunos estão terminando o Ensino Médio, e apesar de novos, já conseguiram perceber, que mais importante do que ter uma festa de formatura e ajudar uma professora que está passando por um momento difícil.

Lucilene Ezequiel a professora de artes da escola, tem um filhinho de 7 anos, que se chama Enzo e sofre com uma grave doença de pele que compromete os movimentos e a locomoção. Sabendo disso os alunos simplesmente doaram todo o valor que tinham arrecadado para Lucilene pagar o tratamento do filho.

“No momento não estava entendendo o que estava acontecendo, em seguida ao entender comecei a chorar porque foi muito linda aquela ação, foi uma mistura de sentimentos, de alegria e ao mesmo tempo de dó porque sei como é importante uma festa para todos os estudantes quando chegam na reta final”, relatou Lucilene.

A escola disponibilizou uma rifa pra vendermos pra poder ajudar na nossa formatura. Porém, nós não tínhamos decidido o que iríamos fazer, até que ficamos sabendo do caso do filho da professora. Quando ficamos sabendo, nos juntamos, conversamos, e na hora todos toparam de ajudar, e foi até um incentivo pra vender as rifas. Foi algo simples, nada planejado”, disse a estudante Kelly.

Assista ao vídeo da entrega:

O dinheiro já está ajudando!

O dinheiro arrecadado já está ajudando no tratamento de Enzo. Um médico especialista de São José do Rio Preto (SP), faz o acompanhamento do filho da professora.  “Isso já mudou bastante o quadro dele”, disse a mãe.

Lucilene precisa trabalhar em duas escolas todos os dias para ajudar na renda de casa e isso não permitia que ela pagasse um tratamento adequado para o filho.

“Foi algo bem espontâneo, todos ajudaram, e na real, todos nós nos sentimos bem de ajudar, porque sabemos que foi algo de coração, e que vai ser um dinheiro bem gasto! Isso com certeza mudou muito nossa maneira de pensar, e nos sentimos melhores com essa nossa atitude”, disse a estudante Kelly.

Vai ter formatura SIM!

Um grupo de empresários da cidade ao saberam da história decidiram financiar uma festa de formatura que aconteceu no dia 17 de dezembro para os estudantes com tudo que eles tinham direito.  E claro, eles escolheram a professora Lucilene como madrinha da turma!

Como educadora eu confesso que andava muito aflita devido a tantas coisas ruins que tenho vistos de alunos, mas agora vejo que isso são detalhes, que nós somos a diferença na vida deles. Foi para mim um aprendizado para que possa olhar a partir de hoje de forma diferente, que possa acreditar em um mundo melhor. Estes alunos foram a prova de que ainda há esperança, que nada está perdido. E a gente vai vivendo e vai aprendendo que cada segundo é importante, para conhecer e ver a beleza que nos acompanha. Em palavras não poderia explicar o quanto essa atitude me levantou e me fez acreditar em dias melhores”, relatou emocionada a professora.

Com informações: Sorocabanices

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS