Por: Revista Saber Viver

Uma fotografia viralizou na internet, mostrando uma pálpebra machucada por cílios postiços derretidos e levantou um alerta nas redes sociais.

O responsável pela publicação Hércules Pontes, estudante de medicina, as máquinas de ressonância magnética podem derreter as extensões, já que algumas delas são magnéticas.

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=990503031296010&id=100010089675064

É incomum, mas pode acontecer!

A dermatologista Damaris Ortolan explica que queimar as extensões de cílios durante uma ressonância é bastante incomum, mas pode acontecer. “Dependendo do material, é possível conter algum componente metálico”, explica.“Dependendo do material, é possível conter algum componente metálico”, explica.

Ela explicou que a maior precaução deve ser em procedimentos como a micropigmentação de sobrencelhas. “A espera recomendada para realizar o exame após a micropigmentação é de 15 a 30 dias. Já no caso do alongamento, como não é um procedimento que dura muito tempo, o ideal é dar tempo para que os cílios postiços caiam antes de realizar o exame. ”

Damaris aponta que o além dos exames médicos, o risco mais comum do alongamento é a queda dos cílios reais. “O peso dos cílios postiços pode causar efeito de tração, derrubando os naturais. A aplicação com cola também deve ser evitada em peles mais sensíveis, sob risco de causar uma dermatite.”

Com Informações: R7

RECOMENDAMOS