Com todas as coisas preocupantes acontecendo aqui, na Terra, uma maneira de tirar sua mente delas é olhar a beleza do cosmos. Felizmente, a NASA ainda está lá fora, explorando o espaço sideral e nos fornecendo as últimas maravilhas. Recentemente, a Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço divulgou as novas imagens de Júpiter. A exibição cativante do tempestuoso hemisfério sul do planeta, a 484 milhões de quilômetros de distância, nos levou a compartilhar uma lista das fotos mais fascinantes que a NASA tirou do planeta.

A sonda Juno da Nasa está tirando fotos do planeta desde sua primeira passagem por Júpiter em 2016. Desde então, Juno tirou imagens impressionantes e ajudou os cientistas a aprender as informações importantes sobre a gigante do gás.

#1


A sonda Juno da NASA tinha pouco mais de um diâmetro da Terra de Júpiter quando capturou essa visão alucinante e aprimorada de cores da tumultuada atmosfera do planeta.

#2


Uma multidão de nuvens em turbilhão no dinâmico Cinturão Temperado Norte de Júpiter é capturada nesta imagem da sonda Juno da NASA. Aparecem na cena várias nuvens brancas “pop-up”, bem como uma tempestade anticiclônica, conhecida como oval branca.

#3


Esta imagem captura as formações de nuvens em redemoinho ao redor do pólo sul de Júpiter, olhando para a região equatorial.

#4


Veja as nuvens jovianas em impressionantes tons de azul nesta nova visão da espaçonave Juno da NASA.

#5


A lua vulcicamente ativa de Júpiter, Io, lança sua sombra no planeta nesta imagem dramática da espaçonave Juno da NASA. Assim como os eclipses solares na Terra, dentro do círculo escuro que atravessa as nuvens de Júpiter, testemunhamos um eclipse solar completo quando Io passa na frente do Sol.

#6

Esta imagem do turbulento hemisfério sul de Júpiter foi capturada pela sonda Juno da NASA, que realizou seu mais recente sobrevôo próximo ao planeta gigante de gás em 21 de dezembro de 2018.

#7


Nuvens brancas e grossas estão presentes nesta imagem JunoCam da zona equatorial de Júpiter. Essas nuvens complicam a interpretação das medições de infravermelho da água. Nas frequências de microondas, as mesmas nuvens são transparentes, permitindo que o radiômetro de microondas da Juno meça a água profundamente na atmosfera de Júpiter. A imagem foi adquirida durante o sobrevoo de Juno da gigante de gás em 16 de dezembro de 2017.

# 8

A sonda Juno da NASA capturou essa visão de uma área dentro de um jato joviano, mostrando um vórtice que possui um centro intensamente escuro. Nas proximidades, outros recursos exibem nuvens brilhantes e de alta altitude, que sopraram na luz do sol.

#9


Esta imagem da região polar sul em turbilhão de Júpiter foi capturada pela sonda Juno da NASA, quando se aproximava da conclusão de seu décimo sobrevôo próximo do planeta gigante gasoso.

Texto originalmente publicado no Boredpanda, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS