Vovó Irma tem 93 anos, típica imagem da “vovó italiana” , na noite de 19 de fevereiro,  foi fotografada no aeroporto de Milão segurando a sua bengala com a mão direita e a sua mala vermelha de rodinhas com a mão esquerda.

Até ai tudo normal, pois a vovó poderia estar visitando um neto, ou fazendo um excursão da terceira idade.

Mas vovó Irma tinha um propósito bem maior, ela iria embarcar como voluntária para trabalhar no Quênia, Leste da África. Ela seria voluntária durante três semanas em um orfanato.

Vovó Irma é um exemplo de coragem e determinação, aos 26 anos após ficar viúva  ela educou e cuidou sozinha de três filhos.

A história dessa vovó viralizou nas redes sociais graças a foto acima e ao relato que foi postado por sua neta, Elisa Coltro, no Facebook.

Leia Também: Prevenção ao câncer-Dr. Drauzio Varella

“Esta é a minha avó Irma, uma menina de 93 anos que foi nesta noite para o Quênia. Não para um resort com tudo incluído, mas para um abrigo de crianças, para um orfanato. Eu quero mostrá-la porque acredito que todos nós precisamos manter sempre um pouco de ‘inconsequência’ para viver e não só para sobreviver. Olhem só para ela: quem é que vai parar essa dona Irma? Eu a amo!”

Irma não foi sozinha em sua missão humanitária, uma das suas filhas vai acompanhar essa vovó corajosa .

A experiência está correndo bem, a julgar pelas novas fotos que Elisa tem postado como forma de agradecimento por tanto carinho recebido nas redes sociais.

Você dizia que não pode ajudar os outros por quê, mesmo?

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Com informações:Aleteia

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS