O desenvolvimento do cérebro de uma criança é muito importante, pois influencia a futura personalidade e sua estabilidade emocional.

Isso tudo sem falar da própria inteligência. Para você ter ideia, o desenvolvimento já começa antes da criança nascer, por isso todo cuidado é pouco.

No útero, o cérebro do feto cresce rapidamente,no final da terceira semana de desenvolvimento do bebê, as três principais regiões do cérebro já foram formadas. E só uma semana depois o cérebro começa a funcionar.

Durante os primeiros cinco anos da vida de uma criança, o cérebro já está 90% formado. Acredita-se que até 51% desse desenvolvimento é definido por fatores ambientais.

O mais interessante de tudo é que os recém-nascidos, segundo pesquisas realizadas com bebês de vários países, já têm sotaque que pode ser percebido nos gritos de choro.

É por essas por outras que recomendamos algumas instruções, a fim de que seu filho cresça com a mente bem desenvolvida:

1. Leia, converse, cante e ouça músicas com seu bebê ainda na barriga.

2. Consuma peixe na gestação, pois este alimento é rico em ômega-3. Um estudo mostrou que quanto mais peixes as mulheres comem durante o segundo trimestre da gravidez, melhor para a saúde mental dos bebês, mas não consuma qualquer peixe, veja quais são os mais indicados e de melhor qualidade.

Uma sugestão é a sardinha (não a enlatada), um peixe barato e riquíssimo em ômega 3.

3. Alimente-se bem na gravidez, isso porque, quando a mulher não ganha alguns quilinhos na gestação, o bebê tende a nascer prematuro. Essa condição é uma grandes desvantagem para a formação do cérebro da criança, que já nasce com a cabeça muito menor do que o esperado.

Pesquisas mostram que crianças prematuras estão associadas a um baixo QI (problema que pode ser corrigido durante o crescimento com estímulos). Portanto, não considere fazer um regime quando estiver grávida.

4. Fuja de toxinas como cigarro, álcool e ar altamente poluído. Acredita-se que essas substâncias transfiram poluentes através da placenta e se liguem ao DNA do bebê, causando problemas comportamentais. Tente ficar longe de gases nocivos e respire ar puro.

5. Converse e brinque com a criança, pois isso estimula o desenvolvimento do cérebro. Fale sobre respeito, abra espaço para novas habilidades e se divirta muito com seu filho. Até os três anos de idade, essa interação é fundamental.

6. Estimule exercícios físicos.A partir dos quatro anos de idade, toda criança deve ser estimulada a praticar atividades físicas. A partir dos quatro anos de idade, toda criança deve ser estimulada a praticar atividades físicas.

Isso não só ajuda a fortalecer o corpo, como também o cérebro. Incentive seus filhos a serem ativos sendo ativos, reduza significativamente o tempo de jogos, celular e televisão. É importante que a crianças andem de bicicleta, caminhem e pratiquem esportes.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Informações: Cura Pela Natureza

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS