Por: Redação da Revista Saber Viver Mais 

O limão é boa fonte de fibras e vitamina C, além de conter outras vitaminas (tiamina, riboflavina) e minerais (fósforo, silício, cálcio e ferro). É sempre importante frizar que o limão é uma fruta superpoderosa.

Na Saber Viver Mais existem várias receitas com o limão que tratam diversos problemas de saúde.

Flavonóides 

O limão também contém antioxidantes conhecidos como flavonóides, que desempenham um papel benéfico na luta contra doenças cardíacas, câncer e inflamações.

Os flavonóides cítricos desempenham um papel importante na sua atividade contra doenças degenerativas e particularmente, doenças cerebrais.

Então não resta dúvida que o limão é realmente muito poderoso, e nesse texto você vai aprender a combater dores musculares e nas articulações.

São duas receitas simples de fazer a partir da casca do limão, você poderá fazer em casa mesmo!

O óleo essencial de limão é obtido a partir da casca e possui muitas propriedades: é antibacteriano, melhora a circulação e estimula o sistema nervoso.

E é por isso que a casca do limão é extremamente útil para alguns tipos de dor, como de esporão de calcanhar e nas articulações.

Aprenda como fazer as duas receitas:

RECEITA 1

Pegue a casca do limão e esfregue diretamento sobra a parte o corpo afetada pela dor e enrole com uma bandagem. Mantenha no local por até duas horas.

Faça esta aplicação sempre à noite e, no outro dia, lavar bem com água. Antes, porém, faça um teste para ver se ocorre reação alérgica, esfregando um pouco da casca na região do cotovelo.

RECEITA 2

Coloque a casca de dois limões, não importa qual variedade, em uma jarra e acrescente uma xícara de azeite extravirgem de oliva.

Feche a jarra e deixe a mistura descansar por duas semanas em local fresco e escuro.

Depois poderá usar o óleo obtido esfregando-o na área afetada e cobrindo com gaze. Deixe descansar durante a noite (sempre à noite!).

No dia seguinte, lavar bem com água fria. Faça antes um teste para ver se ocorre reação alérgica, esfregando um pouco do óleo na região do cotovelo.

Importante!

Procure sempre extrair a camada verde ou amarela e nada da parte branca. 

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS