Essa sem dúvida é uma versão moderna de Cinderela em que o objetivo não é um casamento feliz, mas a realização de seus sonhos …

O protagonista é Rumon Siddique, um garoto de 27 anos de Bangladesh , que se formou em medicina há poucos dias.

Rumon até antes de iniciar seus estudos, trabalhou na rua como vendedor de rosas , até que, como nos contos de fadas, chegou uma “Fada Madrinha” ou melhor, um anjo da guarda, que no caso é o professor da Universidade Nicola Carlisi de Direito Comercial.

Através do projeto “Realize seus sonhos” do Rotary International do Distrito 2110, em Palermo, também na Itália, que o professor Nicola Carlisi o conheceu.

O ano de 2009 seria o que mudaria para sempre o destino de Rumon , que desde 2004 havia se mudado de Mântua para Palermo, onde estava concluindo seus estudos no Instituto Técnico “Vittorio Emanuele III”, quando quase por acaso, acontece o encontro com o professor Carlisi.

“A esposa do professor ficou impressionada com um dos meus temas sobre integração publicado no jornal, então decidiu me encontrar na escola”

É assim que Rumon contou sua história: nascido e criado em Bangladesh , em Sylhet, um país onde o hospital mais próximo fica a mais de 40 km de distância, Rumon sempre sentiu a necessidade de fazer algo útil para seu povo, e a escolha de estudar medicina torna-o concreto durante uma viagem ao seu país, onde é abalado pela pobreza e pelo sofrimento que vê à sua volta .

Na Itália ele foi morar com uma tia viúva e, como precisava de dinheiro para se sustentar, começou a vender rosas na rua.

Depois de se formar, graças à ajuda do professor Carlisi e de sua esposa, que passaram a gostar dele, Rumon inicia seus estudos na Universidade de Palermo , matriculando-se na Faculdade de Medicina e Cirurgia.

“Eles cobriram todas as despesas, mensalidades e textos universitários. Sem eles eu nunca poderia ter conquistado este grande sonho meu. ”

Rumon se diz orgulhoso e sorridente, que além do professor Carlisi também tinha outros anjos da guarda ao seu lado, como o tabelião Salvatore Abbruscato que cedeu uma casa para ele morar e o oculista Giuseppe Galeazzo, que contribuiu com uma soma mensal de 350 euros para o seu sustento, para que pudesse concentrar nos estudos, não tendo mais que vender as rosas na rua.

Finalmente, há uma semana Rumon se formou com nota máxima e com menção especial, em medicina e cirurgia, junto com ele para comemorar estava também sua namorada Federica, também estudante de medicina, e o próximo passo será a especialização em Cardiologia … Rumon já tem ideias claras.

Torcemos para que agora ele possa voltar ao seu país e concluir a sua grande missão!

Texto originalmente publicado no Positizie.it, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

RECOMENDAMOS