É sempre interessante participar de testes de personalidade. A maneira que a nossa mente funciona e tem percepção é sempre uma porta de entrada para os segredos mais profundos que envolvem a nossa personalidade.

Um dos nossos tipos favoritos de testes de personalidade são as ilusões de ótica. Nosso cérebro processa milhões de bits de informação por segundo a partir do que nossos olhos vêem, para interpretar o que estamos vendo.

Olhe para a imagem abaixo. O que você viu primeiro o homem ou a mulher?

Sua resposta revela aspectos de sua personalidade que podem ser muito úteis para um maior autoconhecimento em 2019.

Se você viu o homem primeiro

  • Mulheres que viram o homem primeiro: Você está cansada de estar sozinha e busca um parceiro com o qual dividir sua vida. Se você já tem um parceiro, seu relacionamento com ele é positivo e pode fazê-la crescer e se tornar mais feliz e bem-sucedida. Sua vida romântica sofrerá mudanças em 2019.
  • Homens que viram o homem primeiro: Você sente um excesso de cuidado ou preocupação com algum homem que faz parte da sua vida, pode ser desde um colega no trabalho até algum familiar. Você precisa urgentemente procurar ajuda para se libertar desses sentimentos negativos. Em 2019 sua situação profissional poderá tomar um rumo completamente diferente, mais primeiro você tem que mudar essa situação na sua vida!

Se você viu a mulher primeiro

  • Mulheres que viram a mulher primeiro: Coisas incríveis estão para acontecer em sua vida em 2019, graças ao seu comportamento positivo e atitudes altruístas. Você é uma pessoa conectada consigo mesma, decidida e livre, o que a torna um grande exemplo para aqueles ao seu redor. Procure abrir a mente para novos acontecimentos em 2019.
  • Homens que viram a mulher primeiro: Você admira as mulheres em sua vida, porque seu crescimento foi incentivado por uma mulher. Provavelmente, você está apaixonado e faz de tudo para conseguir a atenção dessa pessoa. Atualmente você está precisando melhorar sua autoconfiança para que as coisas se modifiquem em 2019.

Texto originalmente publicado no Powerful Mind, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS