Todos temos a gordura marrom no organismo.

Existem dois tipos de gordura que armazenamos em nosso corpo: a branca, que armazena calorias, e a marrom, que contêm mitocôndrias que queimam energia e produzem o calor.

Em 2009, pesquisadores descobriram que os adultos também tinham a gordura marrom, isso porque antes acreditava-se que só os bebês tinham.

Pessoas com índices de massa corporal mais baixa tendem a ter mais gordura marrom. Isso porque a descoberta sugere que um dos potenciais da gordura marrom é em relação ao metabolismo dos humanos na fase adulta.

Como a gordura marrom tem a capacidade de queimar calorias, os cientistas estão tentando encontrar maneiras de usar seu poder na luta contra a obesidade.

No artigo abaixo, você encontrará cinco fatos fascinantes sobre a gordura marrom, assim como cinco maneiras de aumentá-la.

5 Fatos curiosos sobre a gordura marrom

1. É ativada pelo frio

Em um estudo realizado em 2014 pelo National Institute of Health Research, permanecer mais tempo em um ambiente frio torna a gordura marrom mais ativa e pode até fazer crescer novas células da mesma.

“A gordura marrom nos ajuda a defender a temperatura do nosso corpo de forma confortável”, diz Barbara Cannon, professora de fisiologia no Instituto Wenner-Grenn, em Estocolmo (Suécia), e presidente da Royal Swedish Academy of Sciences.

2. Está armazenada em locais pouco usuais

É encontrada em locais imprevisíveis no corpo humano. Cientista sabem onde ela pode ser encontrada, mas não é comum a todos. Normalmente é encontrada nos ombros e no pescoço.

Recentemente, um estudo encontrou a gordura marrom no peito e nas costas de um grupo de rapazes jovens e saudáveis.

3. Todos possuem gordura marrom

Todos possuem gordura marrom, mesmo que ela não possa ser vista em uma tomografia computadorizada.

Aaron Cypess, chefe do Departamento de Diabetes, Endocrinologia e Obesidade do Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais em Maryland (Estados Unidos), acredita que é possível criar células de gordura marrom em qualquer pessoa.

4. É difícil encontrá-la

Não é muito fácil encontrar as células de gordura marrom no organismo, pois muitas vezes estão misturadas com as células de gordura branca no tecido adiposo.

Por isso, é preciso fazer uma tomografia computadorizada para identificar as células mais metabolicamente ativas.

5. Futuramente, você vai poder ativar a gordura marrom tomando um comprimido

Uma droga usada no tratamento de pacientes com bexigas hiperativas pode aumentar a atividade da gordura marrom, de acordo com descobertas feitas por Aaron Cypess e seus colegas, em janeiro de 2015.

A medicação, chamada mirabegron, estimula os receptores chamados beta 3, que causam o relaxamento do músculo liso. Estes receptores também são encontrados em células de gordura marrom e branca.

Leia também: Tiago Leifert revela como descobriu o transtorno alimentar da mulher

5 Formas de aumentar a gordura marrom e queimar calorias

1. Não coma demais e nem de menos

Quando nos alimentamos, os neurônios reguladores da fome nos notificam quando já tivemos o suficiente e nos promove a sensação de saciedade. No entanto, pesquisadores da Yale School of Medicine (Estados Unidos) descobriram, em experiência com camundongos, que esses mesmos neurônios podem encorajar a gordura a ficar marrom.

O estudo, que foi publicado no periódico científico Cell, mostra que comer poucas calorias impede a gordura branca de ficar castanha, enquanto comer o suficiente para satisfazer a fome tornou-a marrom. Outras pesquisas mostraram que comer demais também pode ser prejudicial: não só o excesso de consumo aumenta a gordura branca, mas também interfere na capacidade da gordura marrom de queimar calorias. Ou seja: coma até se sentir satisfeito.

2. Coma uma maçã

Se você comer uma maça por dia pode manter o médico e a gordura branca longe.

Pesquisadores da Universidade de Iowa (Estados Unidos) descobriram que o ácido ursólico, encontrado em cascas de maçã, aumentava a gordura marrom em ratos, mesmo quando eram alimentados com uma dieta rica em gordura.

3. Faça exercícios

Um estudo sobre animais publicado na revista Disease Models and Mechanisms descobriu que a atividade física desencadeia a liberação de uma enzima chamada irisina, que induz as células de gordura branca a se converterem em marrom.

Exercícios podem provocar o aumento da gordura marrom em homens, e que os benefícios ainda aumentaram após 3 meses de treinamento em bicicleta ergométrica.

4. Passe mais tempo em temperaturas mais frias

Foi feito um estudo em 12 homens jovens com quantidades média-baixas de gordura marrom. Eles ficaram em uma sala na temperatura de 16 graus por duas horas em um período de seis semanas. Eles queimaram 108 calorias extras no frio, em comparação a temperaturas internas normais.

E o melhor é que, após seis semanas, seus corpos estavam queimando mais 289 calorias no frio, levando os pesquisadores a hipotetizar que a exposição a temperaturas mais baixas aumentava a atividade de um gene que converte gordura branca em marrom.

5. Estimule a produção de melatonina

Uma pesquisa descobriu que a melatonina além de regular o ciclo do sono, aumenta a presença de gordura bege em ratos, que é semelhante a gordura marrom na habilidade de queimar calorias.

Evitar a exposição à luz de TVs, computadores e outras telas à noite, ficar exposto à luz solar ao longo do dia e consumir alimentos ricos em melatonina, como tomates, amêndoas, cardamomo e coentro. Segundo especialistas, essas ações estimulam a produção natural de melatonina.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Com informações:Tudo por Email

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS