As imagens que circulam nas mídias sociais são preocupantes e estarrecedoras, o vulcão emana rios de lava incandescente, assim, as autoridades interditaram nesta segunda-feira (27) as áreas da costa leste da ilha de La Palma, nas Canárias, devido ao fluxo de lava do vulcão Cumbre Vieja estar bem próximo do mar.

O alerta foi direcionado para as áreas costeira de San Borondon, Mariana Alta e Baja e La Condesa.

“A população terá que seguir as orientações das autoridades e permanecer em suas casas com as portas e janelas fechadas”, comunicaram os serviços de emergência locais.

Vulcão em atividade no topo do Cumbre Vieja, visto a partir de Los Llanos de Aridane, na ilha canária de La Palma, na Espanha, em 25 de setembro de 2021 — Foto: Desiree Martin/AFP

Conforme as previsões dos especialistas, a lava deve chegar ao Oceano Atlântico nas próximas horas, em uma temperatura de 1.250 graus C, e causará diversas explosões criando nuvens de gases tóxicos sobre a ilha.

Um rio vermelho de lava incandescente está descendo com boa velocidade pelas encostas da cratera do Cumbre Vieja hoje, (27), passando por casas, edifícios e destruindo tudo que está à sua frente.

Desde o dia 19, quando o vulcão iniciou as erupções, a lava atingiu mais de 230 hectares de terra, destruiu e engoliu milhares de casas, fez desaparecer estradas, escolas, igrejas e muitas plantações de banana na região, como resultado, milhares de famílias tiveram que deixar e abandonar suas casas e pertences.

Não houve registros de mortes dos moradores, mesmo com todo este rastro de destruição. A safra de bananas da ilha está ameaçada, o que coloca milhares de empregos em risco.
As ilhas Canárias são um território espanhol no Oceano Atlântico, sendo um grupo composto por oito ilhas. La Palma é uma destas ilhas, e tem aproximadamente 873 mil habitantes.

Moradores limpam as cinzas em rua em Santa Cruz de la Palma, na ilha de La Palma, em 27 de setembro de 2021 no arquipélago espanhol das Canárias — Foto: Saul Santos/AP
Veículos cobertos por cinzas do vulcão em La Palma, nas Ilhas Canárias, em 24 de setembro de 2021 na Espanha — Foto: Emilio Morenatti/AP

Com Informações: G1

RECOMENDAMOS