Fonte: Possmoser Online

Atualmente, acreditar em político tornou-se um ato difícil, após tantos escândalos e absurdos que vem ocorrendo ao longo dos últimos anos no país. No entanto, na contramão deste cenário, um prefeito vem se destacando por suas atitudes que viralizaram nas redes sociais.

Sérgio Meneguelli é bacharel em Direito e chefe do Executivo de Colatina, um município com mais de 122 mil habitantes no Espírito Santo. Ele, que já possui mais de um milhão de seguidores em sua página no Facebook, tem conquistado o respeito e carinho de boa parte dos brasileiros.

Meneguelli, popular nas redes sociais, no passado cancelou no festa do carnaval, anda de bicicleta e revitaliza canteiros da cidade. E afirma: “Eu não sou prefeito, eu estou prefeito”. Com esse pensamento em mente e essa atitude em pleno fim de semana, dá pra criar esperança de políticos melhores no nosso país.

Um vídeo com 7 milhões de visualizações e 207.264 compartilhamentos viralizou no Facebook. Nas imagens, Sérgio Meneguelli, Prefeito de Colatina, no Espírito Santo, aparece plantando mudas em um canteiro.

“Quando a gente gosta, a gente trata bem. Eu gosto da minha cidade e eu não vejo nada demais em fazer isso aqui”, ele disse. Embora a tarefa seja obrigação de quem ocupa cargos públicos, no Brasil isso se torna exemplo. “hoje é sábado, dia de relaxar, então cada sábado estamos fazendo dois, três canteiros com dinheiro que conseguimos de empresários (…) Isso vai aumentando a autoestima do cidadão, porque a minha missão é fazer esse povo ser feliz. Eu não sou prefeito, eu estou prefeito“.

E adjetivos não faltam quando a resposta é saber quem ele é aos admiradores: bondoso, popular, generoso, entre outros. Isso porque Meneguelli, aparece com a “mão na massa” e faz questão de divulgar sua satisfação nas redes sociais em realizar trabalhos aos finais de semana, como pinturas de casas, calçadas, plantação de árvores, instalação de enfeites, entre outras ações que chamam a atenção de quem o acompanha, seja pessoalmente ou pela internet.

Depois de ganhar a eleição, ele tomou posse da Prefeitura chegando de bicicleta, que já era seu meio de transporte, com a promessa de construir ciclovias, “para incentivar uma vida mais saudável”, segundo o próprio. Até o final 2020, ele quer investir na melhoria da qualidade de vida, no combate à pobreza, na recuperação e preservação do meio ambiente, entre outras causas.

Ele afirmou sua entrada na policita foi um sonho de criança. “Antigamente tínhamos comícios com shows e atrações e eu ia em todos para se divertir e brincar, até que, em um deles, fui chamado para subir na carroceria de um caminhão, onde, para ganhar um brinde, precisava responder quem ganharia a eleição para prefeito. Na oportunidade, eu respondi o nome do candidato adversário e, imagine, foi um ‘reboliço só’. Daí em diante me chamaram para ser a ‘vedete’ dos comícios do outro candidato, sendo que eu me apresentava dizendo que “não podia votar ainda, pois era criança mas, se pudesse, escolheria o candidato tal” e que se “Deus quisesse, um dia seria prefeito desta cidade, pois amo Colatina”.

Meneguelli foi vereador por 12 anos, no qual propôs e aprovou medidas como a “Lei de Passe livre ao idoso para o transporte público” e foi autor da lei que permite a entrada de cães adestrados, acompanhando deficientes visuais em estabelecimentos públicos e comercias.

Depois ocupou o cargo de presidência da Câmara de Colatina, onde economizou R$ 2 milhões do orçamento destinado ao órgão, nos dois anos que a presidiu. O dinheiro foi empregado em cultura, saneamento, educação, entre outros.

BICICLETA

Meneguelli não anda de carro. Todos os dias ele vai de sua casa até o gabinete de bicicleta e afirma que o faz para incentivar um modo de vida mais saudável. Até no dia da posse, o político foi até a Câmara Municipal de terno e bicicleta.

Além disso, teve outras atitudes louváveis neste período, abrindo mão de diárias, passagens e despesas de viagens fornecidos pela Câmara de Vereadores; recusou o benefício da cota de gasolina de 200 litros/mês; baixou uma portaria cortando de gasolina a todos os vereadores; não fez uso do celular (aparelho e conta) fornecido pela Câmara de Vereadores e ainda abriu mão do uso de locação de veículos bem como despesas, diárias e horas extras. Só podemos desejar que ele continue empenhado e focado em políticas que realmente são do e para o povo.

Desde que assumiu o cargo, Meneguelli tem se destacado de outros prefeitos brasileiros por seu modo humilde de gerenciar a cidade. Durante a semana, ele pedala de bicicleta até a Prefeitura. Apesar dos inúmeros elogios que recebe nas redes sociais, também já recebe críticas de populares.

Meneguelli afirma: “Nem Jesus Cristo agradou a todos. A política, às vezes, não deixa as pessoas que se consideram adversários aceitar algo que promova o bem-estar de todos. Sigo em frente com a proteção do divino Espírito Santo”.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS