Pesquisador da Faculdade de Medicina de Jundiaí, após 10 anos de estudo, confirma a criação de um tratamento contra rinite alérgica.

Edmir Américo Lourenço, que é doutor e mestre pela  Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), relatou que de acordo com a pesquisa, cerca de 80% dos pacientes que ele testou os sintomas desapareceram completamente.

“O paciente não deixa de ser alérgico, mas as melhorias clínicas é que são importantes porque o indivíduo que não tem sintomas é como se ele estivesse curado” informou o pesquisador em entrevistas ao portal G1

O tratamento consiste na utilização de vacinas. “Existe um estigma genético para o alérgico, que isso não se desfaz com o tratamento de vacina. As vacinas estimulam a formação de defesas próprias, de anticorpos específicos contra as causas de alergia de que ela é portadora”, observou Lourenço

O primeiro passo da pesquisa envolve testes na pele para saber quais são as causas da alergia. De acordo com o resultado, é feita uma vacina individual e específica em laboratório especializado para cada paciente.

Este tratamento já está disponível, mas somente em clínicas particulares. O custo é de um pouco mais de R$ 1,5 mil. “O paciente procura o médico e passa por testes. Depois, de acordo com os resultados, o especialista faz a solicitação para a produção individual da vacina em laboratório. Em meu tratamento, são 30 doses aplicadas durante 1 ano e 2 meses”, explicou Lourenço.

A pesquisa foi feita com 281 pacientes com mais de três anos de idade, realizada em Jundiaí, foi publicada na revista brasileira editada em língua inglesa “International Archives of Otorhinolaryngology”, que destaca trabalhos científicos de otorrino no Brasil e no exterior.

Assista ao vídeo: 

Médico apresenta tratamento contra a rinite alérgica após 10 anos de estudoTratamento é feito com 30 doses de vacina durante 1 ano e 2 meses.Em cerca de 80% dos pacientes testados os sintomas desapareceram.http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2016/05/medico-apresenta-solucao-contra-rinite-alergica-apos-10-anos-de-estudo.html

Posted by Mussucity News on Saturday, May 14, 2016

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Informações:G1

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS