Sandra Bullock, em uma entrevista à revista InStyle, pediu que a imprensa não use o termo filhos adotivos’, a atriz que é mãe de dois filhos, Louis de oito anos, e Laila de cinco anos e meio.

“Vamos apenas nos referir a essas crianças como nossos filhos. Não diga ‘meu filho adotivo’. Ninguém chama uma criança de meu ‘filho de fertilização in vitro’ ou meu ‘oh, droga, fui ao bar e fiquei grávida por acidente’. Vamos apenas dizer ‘nossos filhos’”, argumentou.

Ela diz não ter diferença, e que Louis e Laila são seus filhos e ponto. Bullock também falou sobre a personalidade de cada um deles: “Lou é muito sensível. Ele é esperto e gentil”, explicou a atriz.Quanto a sua filha, Bullock compartilhou que ‘Laila é uma lutadora e é por isso que ela está aqui hoje (…) Meu Deus, o que ela vai conquistar… ela trará mudanças reais”, comentou.

Sandra garantiu que seus dois filhos se dão muito bem com seu namorado, o modelo e fotógrafo, Bryan Randall:“Eu entendo, porque ele é muito divertido e muito habilidoso”, justifica.

Sandra ainda contou de como foi difícil e estressante o processo de adoção: “Quando você adota uma criança, há um período de adaptação, e se algo não funciona, eles tem o direito de levar as crianças de sua casa. São seis meses exaustivos.”, relembrou.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Informações: Revista Crescer

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS