Vem do Paraná a primeira estação de geração de energia por meio de esgoto e de lixo orgânico, que transformará lodo de esgoto e resíduos orgânicos em eletricidade para abastecer as casas da região.

A companhia de geração de energia CS Bioenergia já possui a Licença de Operação do Instituto Ambiental do Paraná para operar. Segundo a empresa, a usina tem capacidade para produzir 2,8 megawatts de eletricidade por meio de lixo, que abastecerá cerca de duas mil residências do Estado.

Para produzir a energia, serão destinados toneladas de esgoto e lixo bruto para a usina todos os meses, além do biogás, biofertilizante necessário para a conversão. Esses detritos virão das estações de tratamento de esgoto e aterros sanitários da região.

De acordo com a CS Bioenergia, a estimativa é 1000 m³ de lodo de esgoto e 300 toneladas de lixo orgânico dos aterros sejam desviados.

Pioneira na produção de biogás a Europa possui hoje cerca de 14 mil usinas. Sendo que a Alemanha tem grande parte das usinas com oito mil unidades. No Brasil, o biogás ainda tem uma participação pequena na matriz energética e é contabilizado em conjunto com outros biocombustíveis como o bagaço de cana, constituindo a biomassa, responsável por 8,8% da energia gerada no país.

Fonte:Casacor

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS