Sim, existem palavras capazes de trazer maldição, reforçar o infortúnio, evocar o azar e chancelar a infelicidade; assim como existem outras com a luminosa propriedade de abençoar.

Saber separar e usar umas e outras é o início da sabedoria.

Segue aqui as principais palavras que se deve evitar a todo custo dentro de casa:

Merda: Refere-se a algo podre, atrai adversidades.

Filho da puta: Além de ser um insulto horrível, tem o poder de destilar o ódio e trazer problemas familiares.

Maldito: Lança coisas ruins como pragas e personifica maldições.

Burro/Idiota: Jamais use esses xingamentos contra alguém, principalmente, se forem seus filhos.

Miserável: Atrai a pobreza e contém certo desdém.

Danado: Em outras palavras, o significado de danado que pouca gente conhece é ‘condenado ao inferno’. Chamar alguém dessa forma, é o mesmo que amaldiçoá-lo.

Desgraça: Atrai a escuridão e demonstra ausência do que é divino.

Coisas que devem ser aprendidas em casa

Muitas vezes nós como pais nos esquecemos de certas coisas importantíssimas. Os principais valores sobre família e a vida, devem ser ensinadas em casa para nossas crianças.

Não é em uma escola em que ele deve aprender por exemplo a falar:

Bom dia
Boa tarde
Boa noite
Por favor
Com licença
Me desculpe
Obrigado
Eu errei

Nessa mesma casa deve-se ser ensinado atitudes como:

Ser honesto
Ser pontual
Não destilar ódio e xingamentos
Ser solidário com o próximo
Respeitar a todos sem exceções

Tenha em mente que seu filho vai para escola para aprender sobre as matérias básicas que compõe nosso mundo de forma material. Como matemática, história, português, ciências, entre tantas outras disciplinas.

“Sejamos senhores de nossa língua, para não sermos escravos de nossas palavras”

Informações: Seguindo Evangelho

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS