Se você gosta do cheiro de lavanda e sente que ele te acalma, isso não é sua imaginação.

Diferentes estudos descobriram que, de fato, essa planta tem uma ação relaxante que permite combater o estresse, a ansiedade e até mesmo a insônia.

Lavanda para insônia

Uma das primeiras investigações sobre os efeitos da lavanda foi realizada na Universidade de Southampton. Neste estudo piloto envolvendo apenas 10 pessoas que tiveram dificuldade em dormir, verificou-se que o aroma de lavanda melhorou os sintomas de insônia e aumentou a qualidade do sono.

Um estudo posterior mais amplo, realizado ao longo de 12 semanas na Universidade de Medicina Taipei, mostrou que a inalação de lavanda ajuda a dormir, favorecendo a ativação do sistema parassimpático, que é precisamente o que cria uma sensação de tranquilidade e relaxamento .

Lavanda para ansiedade

Por muitos anos, os pesquisadores também vêm avaliando o uso de lavanda para a ansiedade. Um estudo desenvolvido na Alemanha revelou que a ingestão de 6 semanas de óleo de lavanda através de comprimidos é tão eficaz quanto o lorazepam no alívio de transtornos de ansiedade.

Outros pesquisadores da Universidade de Central Lancashire pediram a um grupo de pessoas para assistir a um filme que gerasse ansiedade. Metade deles tomou uma cápsula de óleo de lavanda e a outra metade um placebo. Desta vez, os pesquisadores controlaram desde o humor relatado pelas pessoas ao seu ritmo cardíaco, resposta galvânica da pele e variação da frequência cardíaca, indicadores fisiológicos de ansiedade. Eles descobriram que nas mulheres, a lavanda reduzia efetivamente os sinais emocionais e físicos da ansiedade.

Linalool, um composto de lavanda, atua no nível do cérebro

Pesquisadores da Universidade de Kagoshima, no Japão descobriram que a chave está em linalol, um composto químico encontrado em lavanda e isso é o que gera essa sensação de relaxamento que experimentamos o cheiro.

Esses neurocientistas descobriram que, nos camundongos, o cheiro do linalol tinha o mesmo efeito que o Valium. Esse cheiro afeta as mesmas partes do cérebro que o remédio para a ansiedade, mas não tem todos os efeitos colaterais que o acompanham. Curiosamente, se o linalol é injetado diretamente na corrente sanguínea, seus efeitos são diferentes, mais semelhantes aos produzidos pelo consumo de álcool.

Como usar lavanda para ansiedade e insônia?

Lavanda pode ser usada de diferentes maneiras para aliviar o estresse, ansiedade e insônia:

– Prepare uma infusão de lavanda adicionando entre 1 e 2 colheres de sopa de flores inteiras secas a uma xícara de água fervente e deixe por cerca de 10 minutos.

– Adicione o extrato de lavanda ou óleo essencial à água do banho, para tomar um banho relaxante antes de ir para a cama. É importante que você perceba que é óleo essencial de lavanda pura, porque se ele for misturado com outros óleos, ele perderá energia.

– Acenda um difusor de lavanda antes de dormir, para que você possa dormir com esse cheiro.

No entanto, é importante ter em mente que a lavanda também cria um processo de tolerância, o que significa que, se você se expuser continuamente ao seu cheiro ou consumi-lo diariamente, precisará de doses crescentes para obter o mesmo efeito. É por isso que é conveniente recorrer a esse remédio natural somente quando você realmente precisa dele.

*Obviamente, não é recomendado abandonar a medicação para a ansiedade de lavanda, é sempre aconselhável consultar o psiquiatra antes de qualquer alteração. Se você usa ansiolíticos, deve dizer a eles que quer usar lavanda, pois pode diminuir sua dose.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Cheiro de Lavanda

💜 Lavanda! 💜O teu perfume é um cheiro suave como uma brisa em noite de lua cheia. 🌿

Posted by Sereníssima on Tuesday, February 20, 2018

Texto originalmente publicado no Rincon Psicologia, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS