Esse pensador dispensa apresentações, mas caso você ainda não o conheça, Augusto Jorge Cury nasceu em 1958 na cidade de Colina, interior de São Paulo.

Em sua carreira de escritor e estudioso das emoções humanas, escreveu livros que se tornaram muito populares como o Ansiedade em que busca explicar as causas desse mal do mundo moderno.

Dirige a Academia da Inteligência no Brasil, um instituto de formação para psicólogos, educadores e outros profissionais. À sua atividade também alia trabalhos como conferencista , palestrante e participações em congressos.

Nesse texto Augusto Cura fala que apesar de a modernidade facilitar pra valer o dia a dia, ela também está tornando as pessoas mais ansiosas e doentes. É o que defende no seu livro Ansiedade – Como Enfrentar o Mal do Século.

Quais são os sintomas da Síndrome do Pensamento Acelerado?

Os sintomas são bastante parecidos com os de TDAH e Hiperatividade, apesar de as causas serem diferentes.

A criança — ou o adolescente — se sente sempre cansada, como se 24 horas não fossem o bastante para realizar todas as suas tarefas, tem dificuldades de concentração e de atenção, se esquece das coisas facilmente e está constantemente irritada.

Além disso, pode sofrer por antecipação, má qualidade do sono, consegue dificuldade de relaxar e desacelerar seus pensamentos.

Isso tudo começa a se externalizar em sintomas físicos, como dores de cabeça e musculares, queda de cabelo e dores de estômago.

Quais as causas e consequências da SPA?

Ao contrário da Hiperatividade, que possui causas genéticas e ambientais, a SPA está relacionada à dificuldade no gerenciamento dos pensamentos.

No mundo moderno, crianças e adolescentes são bombardeados por informações a todo momento e submetidos excessivamente a diversas tarefas, estímulos sociais e preocupações.

Isso acaba por estressar e desgastar o cérebro, impedindo-os de desenvolver outras funções, como a reflexão, paciência, resiliência, empatia, criatividade e tolerância, por exemplo.

Ainda, o cansaço mental pode se converter em físico. Isso porque o cérebro “rouba” a energia que deveria ser utilizada para o funcionamento de outros órgãos e músculos.

Manter-se conectado à internet de maneira desenfreada e receber estímulos em excesso, somado a uma rotina sobrecarregada de atividades e pressão escolar, constroem, aos poucos, inquietação, ansiedade, dentre outros sintomas da SPA.

7 dicas para viver melhor

1. Treine sua mente para admirar algo que o dinheiro não compra, como observar seu filho a desenhar ou pintar, abraçar mais, beijar mais, trocar experiências com os filhos, dar carinho a quem se ama.

2. Tenha mais contato com a natureza. Caminhe ao ar livre, admire as árvores e os animais, aprecie o silêncio e o vento no rosto…

3. Faça alguma atividade lúdica. Vale praticar um esporte, ler um livro e contar histórias.

4. Proteja a sua emoção. Não cobre demais os outros (seja marido, sejam filhos ou amigos) nem a si mesma, isso torna a vida angustiante. Não exija demais das pessoas. Ao contrário, elogie mais, aponte as características boas, os pontos fortes de quem está ao seu lado.

5. Aprenda a relaxar. Pare um momento do dia, esqueça tudo ao redor, respire fundo, solte o corpo e esvazie a mente.

6. Perdoe o outro e se autoperdoe.

7. Dê mais risada, não leve a vida tão a ferro e fogo. Sorria!

Nota: A Revista Saber Viver Mais divulga conteúdos populares de caráter, muitas vezes, não científico. Procure sempre profissionais da saúde para diagnósticos e tratamentos.

Fonte: Medplan e Escola da Inteligencia

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS