A Malásia vai começar a devolver lixo plástico ao Reino Unido porque “não é uma lixeira para países ricos”. Segundo a Ministra do Meio Ambiente do país asiático, milhares de toneladas de lixo têm entrado no território de maneira ilegal depois que a China barrou a importação de plástico no ano passado.

Yeo Bee Yin disse que 60 contêineres já estão cheios de lixo plástico prontos para voltarem ao seu país de origem. Ao todo, mais de 3,3 mil toneladas de plástico não-reciclado dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Austrália devem ser enviados de volta em breve.

Além de plástico, lixo eletrônico do Japão, China e Arábia Saudita também foram parar no país. Há ainda milhares de caixas de leite contaminadas da Austrália e CDs de Bangladesh, informou o site Metro.

“Nós vamos lutar. Mesmo que sejamos um país pequeno, não seremos destratados por países mais desenvolvidos”, disse a ministra em pronunciamento. Só o Reino Unido exporta, por ano, mais de 650 mil toneladas de plástico não-reciclado para Malásia e Indonésia.

A ministra informou ainda que um estudo recente concluiu que uma pessoa morre a cada 30 segundos em países em desenvolvimento em consequência de doenças causadas por lixo e poluição, como por exemplo, malária e dengue. A fumaça causada pela queima dos restos de embalagens também é razão para, em média, 3,7 milhões de mortes a cada 12 meses. Além disso, uma em cada quatro pessoas no mundo não tem seu lixo coletado propriamente e os mares recebem 12,7 milhões de toneladas de lixo plástico todos os anos.

Via: Virgula

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS