Por: Saber Viver Mais

Todos os setores da economia foram afetados pela pandemia de Covid-19, porém um dos que sofreram mais impacto sem dúvida foi o turismo.

Devido o isolamento social, incontáveis atrações turísticas que dependiam da livre circulação de pessoas foram fechadas. Mas nem tudo foi ruim, atrações turísticas que faziam exposições e exploração de elefantes para passeios na Tailândia, fecharam as portas.

Empresários afirmaram que sem a renda obtida através dos passeios não existe como alimentar os animais. Hoje existem 2 mil elefantes mantidos em cativeiro para atividade.

A ONG Save Elephant Foudation, mobilizou voluntários para fazer o resgate de todos aqueles elefantes que passaram a vida sendo explorados pela cobiça humana.

A readaptação dos elefantas a natureza será feita em etapas, sempre de 100 em 100. Os mamíferos serão transferidos para um santuário animal em Chiang Mai, localizado ao norte da Tailândia, o local foi construido especificamente para receber os animais.


Os primeiros 100 elefantes foram resgatados no início deste mês. Foto: Reprodução / Instagram: @saveelephantfoundation

Até o momento já foram resgatados 1476 espécimes, alguns acreditavam que o animais não se adaptariam com facilidadel, porém ficaram suspresos com a felicidade dos elefantes ao rever seu lar e descobrirem que enfim estavam livres. Alguns dos já estavam em cativeiro por mais de 20 anos.


Foto: Reprodução / Instagram: @saveelephantfoundation

A Save Elephant, fez o registro de toda a viagem e postou em seu perfil no Instagram. Todo o trajeto é memorável, confira aqui.

Com informações: Razões para Acreditar

RECOMENDAMOS