Uma linda história de união e luta entre uma cadelinha e sua dona.

Freyja uma cadelinha com nove anos de idade, foi diagnosticada com câncer de mama terminal.

Os veterinários, constataram que o caso era grave e que Freyja teria chances de sobreviver por apenas seis meses, pois a quimioterapia poderia não funcionar.

Tudo aconteceu em um dia a acariciando, Sara descobriu um nódulo na área de seus mamilos. Ela rapidamente a levou ao veterinário e foi informada de que provavelmente era um cisto.

Porém, com passar dos dias, mais nódulos foram aparecendo. Sara já ficou muito preocupada e pediu então que fizessem um check-up, onde foi constatado a doença.

Então Sara e seu marido fizeram o que o veterinário recomendou: dê-lhe tanto amor quanto puderam durante o tempo de vida restante.

Mais o mais surpreendente da história é que a própria cadelinha alertou Sara que algo não estava bem com ela: Um dia ela pulou sobre o peito de Sara. “Eu pensei comigo mesmo: Deveria fazer uma mamografia”.

Sara não esperava era estar com um câncer de mama agressivo e um tumor de 33 cm no seio esquerdo. “Era tão cruel que Freyja e eu estivéssemos lutando contra o câncer de mama ao mesmo tempo”.

A cadelinha lutou lado a lado para ajudá-la a superar a doença: “Eu realmente acredito que os cães tenham um sexto sentido. Eu acho que Freyja sobreviveu para ficar e me ajudar a batalhar contra o câncer”

Ela a acompanhava inclusive nas radioterapias e quimioterapias. “Eu perdi meu cabelo e me senti muito triste, estava no hospital ou em casa. Mas Freyja foi minha salvação. Ela nunca saiu do meu lado”, contou Sara.

“Se ela tivesse morrido, não sei o que eu teria feito sem ela. Eu teria estado tão sozinha com Rob meu marido trabalhando tanto. Essa cachorra é minha melhor amiga e eu precisava dela ao meu lado”.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Com informações de: Explicandoo

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS