“Vou três vezes por semana e estou mais feliz, me distrai e minha mente não encolhe tanto”, disse Blanca Saavedra, que abandonou a escola na terceira série.

A educação é um item muito importante na vida das pessoas e consiste em várias etapas. Mas isso não precisa necessariamente acontecer ao mesmo tempo, pois há pessoas que, apesar dos anos, nunca desistem da vontade de estudar.

E nunca é tarde demais para terminar seus estudos. Isso está muito claro para Blanca Ida Saavedra, uma bisavó que concluiu o ensino fundamental aos 93, de acordo com TN .

Stephanie Leal

Ela, como tantos outros idosos no Uruguai e no mundo, não teve a oportunidade de terminar os estudos quando eram mais jovens. Mas hoje ela conseguiu isso graças aos diversos programas que existem para completar essas etapas acadêmicas.

Blanca tem oito irmãos , que também tiveram que abandonar a escola para poder trabalhar com a família, que vivia no campo e cultivava milho. Ela só chegou à terceira série e teve que deixar livros e cadernos de lado para viver da colheita.

Pixabay

Segundo informações do El País, o acesso à educação era muito difícil quando ela era pequena, pois precisava caminhar 3 quilômetros para chegar à escola. Aprendeu a ler e a escrever para poder guardar as contas da casa e ajudar a família na venda do milho que produziam.

Poucos anos depois ela conheceu quem seria seu marido, que também não estudava, e então vieram os filhos e a educação . Isso fez com que sua vontade de estudar e ser professora tivesse que ser adiada para cuidar dos filhos, entre os quais está sua filha, educadora e inspetora escolar.

Pixabay

Mas como nunca é tarde para estudar, Blanca conseguiu terminar o ensino fundamental graças à ajuda de sua bisneta, Eloísa Escondeur, que a levou a um colégio de adultos. “Ele me pega e vamos para a escola juntos. Vou três vezes por semana e estou mais feliz, me distrai e minha mente não encolhe tanto ” , disse Blanca.

Sua bisneta também se dedica à educação e foi sua professora no processo. “ A questão é que eu vejo pouco , então peço a ele que faça letras e números grandes e não use lápis comigo, mas tinta ” , acrescentou a mulher.

El País

Já a meta de Blanca é poder completar o Ciclo Básico e terminá-lo em um ano, quando tiver 94 anos. Nesse interim, ela continuará a se preparar com a bisneta, que a ajuda em todas as disciplinas.

 

Traduzido e adaptado de: UPSOCL

RECOMENDAMOS