A estudante Nicole Barr, 12, de Harlow, Essex, obteve 162 em um teste de QI que superou ninguém que os gênios Albert Einstein e Stephen Hawking por dois pontos.

Sua mãe, Dolly Buckland, 34, diz que está extremamente orgulhosa dela.

Ela disse: “Nicole é uma criança dedicada e persistente. Ela fica após a escola para o clube de lição de casa e nunca perde um dia.

“Desde de pequena, ela apontava os erros em livros e revistas”. Nem por isso Nicole deixa de ser uma criança feliz que gosta de brincar e se divertir. A mãe conta que Nicole está determinada em terminar a escola e ir para faculdade cursar Medicina e se especializar em Pediatria.

Seu pai, James, diz que sua conquista impressionante é “a conversa da comunidade cigana”.

O valor médio do QI em adultos é de 100, enquanto uma pontuação acima de 140 é considerada como a de um gênio. Nicole, que está no ano 7 , disse:

“Quando soube que tive uma nota tão alta foi tão inesperado. Eu fiquei em choque”, disse a menina. “Eu me lembro de quando estava no primário e eu interpretava um anjo em uma peça da escola, mas outra garota, que fazia outro anjo, não apareceu, então eu decorei suas falas também”.

O pai afirma que a conquista impressionante é “a conversa da comunidade cigana”. James, um limpador de calçada de 36 anos e reparador de garagem, está satisfeito com o resultado que recebeu na quinta-feira, da semana passada, depois de fazer o teste cinco dias antes.

“Essa notícia é muito positiva, porque pode causar alguma mudança. Mostra que não importa de onde você vem, qualquer um pode ser brilhante!

Segundo a Mensa, uma organização baseada em diversos países e que aceita membros apenas com alto QI, apenas 8% de seus membros são menores de 16 anos, sendo que apenas 35% são mulheres.

Traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais
Via: Mirror

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS