Os perigos dos agrotóxicos já são bastante conhecidos, daí a importância de higienizar bem os alimentos. Mas a grande quantidade de veneno que vem sendo usada pelos agricultores, em algumas plantações, surpreendeu até os especialistas no assunto, após a divulgação do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA), pela Anvisa.

Ao divulgar os dados, o Ministério da Saúde lembrou que, no Brasil, as intoxicações causadas por agrotóxicos só perdem para aquelas provocadas por medicamentos. Foram analisadas 17 variedades de alimentos, incluindo grãos, frutas e verduras vendidos em quase todos os Estados (só Alagoas ficou de fora), mais o Distrito Federal.

A nutricionista da Unifesp, Anita Sacks, recomenda fazer uma pré-lavagem em verduras e legumes antes de armazená-los. Limpe-os com um papel toalha seco, antes de guardar na geladeira . Já as verduras exigem uma atenção especial. Compre folhas preferencialmente secas, enrole-as em um papel toalha e coloque-as em um saco plástico especial para armazenar alimentos. Retire todo o ar do saco e leve as folhas para a geladeira , dá a dica para as verduras durarem mais tempo.

Na hora do preparo, lave os legumes com água e sabão neutro. Faça isso, de preferência, com uma escova ou bucha exclusiva para este fim. E, após tirar a casca, não é preciso lavar novamente. Já as verduras, depois de passadas folha a folha em água corrente, precisam ser imersas em uma mistura de água e água sanitária não odorizada e de boa procedência (evite usar os produtos vendidos de porta em porta, cuja diluição ocorre sem o acompanhamento de órgãos de vigilância).

A seguir, veja a lista dos seis alimentos que mais contêm agrotóxicos.

1-Pimentão: 65,36%

O pimentão é rico em betacaroteno, que ajuda você a conquistar um bronzeado mais bonito. Além disso, ele tem grandes doses de vitamina C (de ação antioxidante e poderosa contra os resfriados).

2-Morango: 36,05%

A fruta é bastante sensível, daí o uso exagerado de agrotóxicos. Mas nem pense em tirar o morango da sua cesta: ele é rico em vitamina A, boa para os olhos e também tem boas doses de ferro, mineral de combate à anemia. Mas, por causa dos furinhos, o morango acumula muitos agrotóxicos. Além de lavar, é preciso deixá-lo de molho para garantir a higiene.

3-Uva: 32,67%

As uvas roxas são rias em flavonóides, substâncias que protegem a saúde do seu coração. Além disso, as uvas contêm bastante iodo, mineral que faz a tireóide trabalhar melhor.

4-Cenoura: 30,39%

Rica em betacaroteno e vitamina A, a cenoura é amiga da sua pele e da sua visão. A casca, rica em fibras, ajuda o intestino a funcionar melhor. Mas, a não ser que possa lavar muito bem, prefira eliminar esta proteção e garantir o consumo livre de agrotóxicos.

5-Alface: 19,8%

As folhas da alface acumulam muitos resíduos e são difíceis de lavar, por isso é importante deixá-las de molho antes de consumir. Uma boa salada pode funcionar como calmante natural, aliviando o nervosismo e ajudando você a dormir melhor.

6-Tomate: 18,27%

Rico numa substância chamada licopeno, que protege seu corpo contra a formação de tumores. O tomate ainda combate a hipertensão, graças à presença do potássio, mineral que facilita a circulação sanguínea e faz seu coração trabalhar com menos esforço.

Fonte:Minha Vida

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS