Às vezes nos queixamos não só dos maus-tratos que fazem aos animais de estimação, mas também das conseqüências que essas pessoas sem alma não enfrentam, por tratar mal os amigos de quatro patas.

As penalidades não são muito rigorosas para aqueles que não agem corretamente com os animais. Porém um juiz de Ohio (Estados Unidos) está tentando mudar a forma de aplicar a lei com sentenças inovadoras, para esse e outros tipos de crimes.

E o fato é que o Juiz Michael Cicconetti, que cuida de cerca de 40 casos diariamente, oferece alternativas para que as pessoas realmente se arrependam de suas ações, pois muitas delas são mais eficazes do que alguns dias atrás das grades.

Entre suas sentenças mais marcantes foi fazer uma uma mulher andar 48 milhas por se negar a  pagar uma corrida de táxi, segundo o juiz isso serviu para que ela desse o devido valor ao serviço que lhe foi prestado.

Outro caso polêmico de Michael Cicconetti, foi quando sentenciou uma mulher a receber  jatos de Spray de pimenta no rosto, por ter feito o mesmo a um funcionário do Burguer King.

Maus tratos aos animais

Mas sua especialidade são os animais de estimação, já que ele os ama.

Por exemplo, uma mulher que abandonou 35 gatinhos na floresta, como punição ele a fez passar uma noite inteira na floresta sozinha, mandou-a para a prisão e a multou.

Recentemento o juiz aplicou uma dura pena a uma mulher, que abandonou seu cachorro em casa, sem comida e no meio de muito lixo, o cão ficou desnutrido e doente.

“Como sentença ela irá para um aterro sanitário, onde encontrará o cheiro mais desagradável possível, permanecerá por lá por oito horas, para refletir sobre o que ela fez para aquele cachorro enquanto ele permaneceu com fome e no meio do mal cheiro. Se tiver que vomitar, vai vomitar “, disse o implacável Michael Cicconetti

Para alguns parecem ser sentenças muito leves, mas nós estamos contentes que ele lhes dê punições do mesmo nível ou pelo menos semelhantes aos crimes que cometeram. 

O que você acha do método adotado de punição do juiz Michael Cicconetti, deixe sua opinião!

Abaixo outros casos do juiz Michael Cicconetti: 

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS