E esse não é o primeiro esforço que a Índia faz para combater as mudanças climáticas. Em 2016, 50 milhões de árvores já haviam sido plantadas.

Os seres humanos têm se dedicado a destruir o planeta com o uso indiscriminado de plástico, derrubando árvores, usando recursos naturais, entre outras práticas nefastas. A deterioração do nosso ambiente é notória.

Felizmente, há aqueles que estão interessados ​​em reverter o negativo efetivo.

Em julho de 2016, voluntários da Índia plantaram 49,3 milhões de árvores jovens no país em apenas um dia , segundo a National Geographic . Nessa ocasião, cerca de 800.000 voluntários de Uttar Pradesh trabalharam durante 24 horas plantando 80 espécies de árvores diferentes ao longo de estradas, ferrovias e terras públicas.

Desde que assumiu o seu compromisso com o Acordo de Paris, de aumentar suas florestas em cinco milhões de hectares antes de 2030 e assim, combater as mudanças climáticas, a Índia não parou de reflorestar o pais.

Em 2017, cerca de 1,5 milhão de voluntários plantaram mais de 66 milhões de árvores em apenas 12 horas, ao longo do rio Narmada, no estado de Madhya Pradesh.

A plantação foi monitorada por uma equipe do Guinness Record, que garantiu um novo recorde mundial. Shivraj Singh Chouhan, o ministro-chefe do estado, descreveu os esforços como um “dia histórico” , segundo o The Independent.

Espera-se que as árvores melhorem a qualidade do ar na Índia. As árvores isolam o dióxido de carbono do ar, reduzindo assim a quantidade de gases de efeito estufa na atmosfera.

Outros países também estão replantando árvores. As nações africanas se comprometeram a reflorestar 100 milhões de hectares. Uma ampla gama de interessados, de países a empresas, também se juntou a Declaração das Florestas Nova York, com o objetivo de reduzir para metade o desmatamento por 2020 e termina -lo até 2030. A declaração também visa a restaurar pelo menos 350 milhões de hectares de terras degradadas.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS