Apesar do eclipse solar já ter passado, a energia continuou a se intensificar até o dia 08/08, quando se abriu o Portal de Leão.
Ele envolve três jogadores chave: o sol, a terra, e a estrela Sirius. Sirius há muito tempo que é conhecido como o nosso “Sol espiritual” e é reverenciado por muitas culturas antigas como um lugar de consciência mais alta. Acredita-se que os seres de frequência mais alta habitam Sirius e que é casa para o mais puro tipo de amor.

Este período, até a abertura do portal, trouxe a ativação do chakra cardíaco. O amor está sendo libertado de maneira ainda mais profunda em nossas vidas. As novas energias estão removendo qualquer coisa que possa nos impedir de viver aquilo que desejamos.

Uma verdadeira purificação está ocorrendo nesse momento. O coração está abrindo espaço para a expansão, trazendo para a superfície medos antigos, dores e feridas que precisam ser curadas e liberadas.

Estamos no meio de uma tríade de poderosos eclipses. Portanto, neste momento, as coisas estão instáveis, confusas e intensas. Não se desespere. Um dia de cada vez, pois os impulsos dos eclipses somados a energia do portal, são realmente intensos.

O eclipse solar do dia 11 de agosto, encerra um ciclo de 1 ano, desde o último eclipse solar de agosto de 2017. Muito mudou neste período. Estamos no final de um ciclo e uma jornada está se encerrando. Todas as novas energias estão se estabilizando e nos preparando para o início de uma nova era em nossas vidas.

Os sintomas se tornarão cada vez mais comuns e frequentes, desde o corpo físico até o mental e emocional, trazendo ansiedades, euforias, pensamentos embaralhados, muita confusão, mas tudo isso faz parte da grande liberação e purificação que o abrirá para um novo caminho.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Fonte:Oshobrasil

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS