A agência reguladora do medicamento dos Estados Unidos, a Food and Drug Administration (FDA), concedeu nesta terça-feira, luz verde para à venda de escetamina, “prima química” da cetamina, há muito estudada para o tratamento da depressão.

O novo medicamento vai ser vendido nos Estados Unidos sob o nome de Spravato, produzido pelo laboratório Janssen, a unidade farmacêntica da Johnson & Johnson-

O spray, pensado para as pessoas que já testaram outros fármacos, é apresentado como uma revolução no combate à depressão.

“A nossa ampla investigação sobre o ‘spray’ nasal de escetamina demonstrou um perfil positivo de risco-benefício para adultos com depressão resistente ao tratamento”, defendeu o responsável pelas terapias no domínio das neurociências da Janssen, Husseini K. Manji.

Pierre de Maricourt, médico do hospital Sainte-Anne de Paris, que participou em dois testes clínicos da fase 3 do medicamento, elogiou a aprovação do remédio. À agência francesa AFP destacou a “significativa efetividade e a velocidade de ação da cetamina” em comparação com as seis a oito semanas de um antidepressivo convencional.

Segundo especialistas, o último grande desenvolvimento no tratamento da depressão foi há cerca de 30 anos, quando a fluoxetina, inicialmente comercializada com o nome “Prozac”, foi lançada no mercado.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) indicou que cerca de 300 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de depressão, uma doença que limita severamente a capacidade de levar uma vida diária normal, mas cuja gravidade é muitas vezes subestimada ou confundida com depressão temporária.

Os casos mais graves podem levar ao suicídio, de acordo com a OMS.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

  • Siga a Revista Saber Viver Mais no Instagram aqui.
  • Curta a Revista Saber Viver Mais no Facebook aqui. 

Via:Sapo 24hs

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS