Todos os dias a chamada sociedade “civilizada” consome mais comida do que o necessário, com o resultado de que boa parte é jogada fora. É quase inevitável que uma parte do mundo sofra com a fome, se a outra tem tanto que pode até desperdiçar. Embora o problema seja tão grande quanto “um planeta”, a mudança é possível se todos decidirem não ignorá-lo, se todos decidirem fazer sua parte.

Um exemplo concreto dessa filosofia é a iniciativa implementada pelo restaurante Almacén Real localizado no oeste da cidade do Rio de Janeiro. Na verdade, uma banca foi instalada para a distribuição de alimentos e roupas para pessoas em dificuldade fora do restaurante. Há também um bebedouro e uma tigela com comida para os animais que vivem na rua.

Publicado por Armazém Real em Domingo, 18 de março de 2018

No topo da banca há uma placa dizendo “pegue o que é suficiente para matar a sua fome, lembre-se que também há outras pessoas necessitadas”. Um dos proponentes e promotores da ideia é o dono do restaurante, Alberio Rocha, que percebeu a quantidade de comida desperdiçada no final de cada dia. Em vez de jogar fora uma boa comida, pensou em distribuí-la de graça do lado de fora do restaurante, colocando-a em recipientes para viagem, para melhor conservá-los.

Publicado por Armazém Real em Domingo, 18 de março de 2018

O mesmo acontece com cães e gatos que se aglomeram em torno das latas de lixo à noite tentando se alimentar com as sobras. A iniciativa logo se tornou notícia também graças às redes sociais nas quais foram publicados vídeos e fotos que foram logo vistos por muitas pessoas e receberam milhões de compartilhamentos. Juntando-se a esse gesto louvável, também estão inúmeros clientes do restaurante, que levam comida e roupas diariamente.

O armazém real entrou em uma campanha para ajudar aos animais!!! Venha você também, participe conosco nessa ação social!!Av Santa Cruz 935 – Realengo

Publicado por Armazém Real em Sábado, 17 de março de 2018

Esta é uma demonstração de como a solidariedade pode se tornar contagiante e estimular outros a dar sua própria contribuição. Este não é um truque de publicidade ou marketing, a administração não pretende ganhar nada. No entanto, a esperança é que esta iniciativa também sirva de exemplo para outras atividades, para que, por sua vez, elas se movam para ajudar os menos afortunados.

Fonte:Olha que Vídeo

RECOMENDAMOS